Durant brilha e Warriors freiam LeBron para vencer Cavaliers fora na NBA

  • Por Estadão Conteúdo
  • 16/01/2018 10h45
Reprodução / Twitter / NBATanto Durant quanto LeBron terminaram a partida com 32 pontos marcados

O Golden State Warriors repetiu o roteiro do duelo disputado no Natal e voltou a vencer o Cleveland Cavaliers, na noite desta segunda-feira (15), novamente num feriado, de Martin Luther King, nos Estados Unidos. Como acontecera no mês passado, Kevin Durant liderou os atuais campeões na vitória por 118 a 108, desta vez na casa dos Cavaliers, em rodada da NBA.

Durant comandou a equipe visitante com seus 32 pontos, cinco rebotes e oito assistências. Foram 16 pontos somente no terceiro quarto, quando ele puxou a reviravolta dos Warriors no placar. Até então, os Cavaliers dominava, com a liderança no placar no primeiro e segundo períodos da partida.

Durant e companhia aproveitaram ao cansaço dos anfitriões para se recuperarem no marcador e decretarem a virada. Stephen Curry, mais discreto, contribuiu com 23 pontos para buscar essa reviravolta. Foram ainda oito assistências. Draymond Green quase cravou um “triple-double”, com seus 11 pontos, 16 rebotes e nove assistências.

LeBron foi um dos destaques da partida, principalmente no primeiro tempo. E deu trabalho para a defesa do Warriors. O astro anotou 32 pontos, se igualando a Durant como os cestinhas da partida, e registrou ainda oito rebotes e seis assistências. Isaiah Thomas marcou 19 pontos e Kevin Love, 17.

Com o resultado, os Warriors mantiveram a série invicta fora de casa. São 13 vitórias consecutivas. O time não perde longe da sua torcida desde o dia 22 de novembro. Agora, são 36 triunfos e apenas nove derrotas, exibindo a melhor campanha da temporada regular até agora, na liderança da Conferência Oeste.

Enquanto os Warriors seguem crescendo, os Cavaliers frearam na tabela da Conferência Leste. Tem 26 vitórias e 17 derrotas e ocupa o terceiro posto, atrás do líder Boston Celtics, que não entrou em quadra nesta segunda, e do Toronto Raptors, que manteve a vice-liderança apesar da derrota para o Philadelphia 76ers, em casa, pelo placar de 111 a 117.

A boa vantagem dos Warriors continua se ampliando graças à ajuda dos rivais. Nesta segunda, o Houston Rockets foi até Los Angeles e acabou sendo batido pelos Clippers por 113 a 102. Na vice-liderança da Conferência Oeste, os Rockets têm agora 30 triunfos e doze derrotas.

Sem James Harden, os Rockets foram alvo fácil de Lou Williams, e seus 31 pontos, e Blake Griffin, com seus 29. Chris Paul e Eric Gordon, cada um com 19 pontos, não conseguiram frear o ritmo dos anfitriões. Os Clippers ocupam o sétimo lugar da mesma conferência, com 22 vitórias e 21 derrotas.

Em Utah, o brasileiro Raulzinho voltou a ganhar uma chance no Jazz na derrota para o Indiana Pacers por 109 a 94. Reserva, ele esteve em quadra por 11 minutos. Conseguiu anotar cinco pontos e três assistências. O destaque do time foi Donovan Mitchell, com 23 pontos. O Jazz é o 10º colocado da Conferência Oeste, com 17 vitórias e 26 derrotas, tentando entrar na zona de classificação aos playoffs.