Gabriel Medina perde final nos últimos minutos e é vice na etapa do Taiti

  • Por Estadão Conteúdo
  • 14/08/2017 09h38
Medina ocupa a sétima colocação nesta temporada da WSL

Foi por pouco que o brasileiro Gabriel Medina ficou com o título da etapa do Taiti do Circuito Mundial de Surfe, que foi encerrada neste domingo em Teahupo´o. Faltando apenas três minutos para o término da bateria da final, o surfista de Maresias (SP) derrotava o australiano Julian Wilson, mas viu o rival conseguir uma boa onda e obter a virada no somatório por 18,96 a 17,87.

Na decisão, já na tarde de segunda-feira no Taiti (noite de domingo no horário de Brasília), Gabriel Medina começou muito bem e com duas boas ondas abriu vantagem e colocou Julian Wilson em combinação, fazendo com que o australiano tivesse que somar 17,88 para conseguir a virada. O problema para o brasileiro é que o rival conseguiu um 9.23 e um 9.73 com dois tubos para arrancar a virada a três minutos para o fim. Aí não deu mais tempo para Medina.

Mesmo com o vice-campeonato, Gabriel Medina fez uma boa campanha no Taiti, onde costuma se dar bem – venceu em 2014, foi finalista também em 2015 e semifinalistas no ano passado. Durante a etapa deste ano, o brasileiro até tirou um 10 perfeito, quando todos os cinco juízes dão nota 10 para a onda, nas quartas de final contra o australiano Owen Wright.

Na classificação do Circuito Mundial, Gabriel Medina pula do nono para o sétimo lugar com os 8 mil pontos pela segunda posição no Taiti. O campeão Julian Wilson deixa a oitava colocação para a quinta, jogando o brasileiro Adriano de Souza, o Mineirinho, para a sexta. A liderança agora é do sul-africano Jordy Smith, que perdeu na semifinal para Wilson. Ele é seguido pelo havaiano John John Florence e pelo australiano Matt Wilkinson, o ex-líder.

“É bom estar de volta ao jogo. É um bom presente para o meu pai. Agora estou de olho em Trestles”, disse Gabriel Medina logo após a bateria final, ainda na água de Teahupo´o, já pensando na próxima etapa do Circuito Mundial – a oitava de 11 da temporada -, nos Estados Unidos, de 6 a 17 de setembro.