Monteiro leva virada e deixa Brasil fora da chave de simples do Rio Open

  • Por Estadão Conteúdo
  • 20/02/2018 20h30 - Atualizado em 20/02/2018 20h53
MARCELO FONSECA/ESTADÃO CONTEÚDOThiago Monteiro perdeu para o uruguaio Pablo Cuevas por 2 sets a 1

O tênis brasileiro não tem mais representantes na chave de simples do Rio Open, ATP 500 disputado em quadras de saibro. Nesta terça-feira (20), Thiago Monteiro foi o último representante do País a ser eliminado ao perder para o uruguaio Pablo Cuevas, o número 33 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 7/6 (12/10) e 6/3, em 2 horas e 40 minutos.

A derrota do número 104 do mundo encerra logo na primeira rodada a participação brasileira no evento de simples do Rio Open. Afinal, na última segunda-feira, Rogério Dutra Silva e Thomaz Bellucci, outros representantes do País na chave, também perderam pela primeira rodada.

A situação é inédita para o tênis brasileiro no Rio Open, sendo que no ano passado Monteiro havia avançado às quartas de final. Agora, porém, parou em Cueva, sofrendo a quarta derrota em quatro duelos com o tenista uruguaio, que na próxima rodada vai enfrentar o português Gastão Elias.

Com início irregular nesta terça, Monteiro perdeu o seu saque no quarto game. O brasileiro, no entanto, reagiu, igualou o placar em 4/4 e forçou a realização do tie-break, quando abriu 5/1, antes de fechá-lo em 7/5.

No segundo set, Cueva também começou na frente e chegou a sacar para fechar a parcial quando liderava por 5/3. Mas novamente Monteiro se recuperou, devolveu a quebra e levou a parcial para o tie-break. O brasileiro, então, teve três match points, mas não conseguiu aproveitá-los, sendo batido por 12/10.

No set de desempate, Cueva e Monteiro oscilaram muito, tanto que os seis games iniciais tiveram quatro break points convertidos. O uruguaio aproveitou mais um e fechou a parcial em 6/3 e o jogo em 2 a 1, provocando a eliminação do brasileiro.

Em outros jogos nesta terça pela chave de simples do Rio Open, os argentinos Federico Delbonis, Diego Schwartzmann e Nicolas Kicker, o esloveno Aljaz Bedene e o espanhol Pablo Andjuar avançaram para a segunda rodada.