Mundial de Futebol de Areia começa nesta quinta e terá Brasil na busca pelo hexa

  • Por Jovem Pan
  • 21/11/2019 08h43
Reprodução/CSBSSeleção brasileira vai em busca do hexa no Mundial de futebol de areia

O Mundial de Futebol de Areia começa nesta quinta-feira (21), em Assunção, no Paraguai, e vai até o dia 1.º de dezembro. O torneio conta com 16 seleções, divididas em quatro grupos. A seleção brasileira buscará o hexacampeonato da competição, que é realizado sob a chancela da Fifa.

O Brasil, atual campeão do mundo da modalidade, está no Grupo D e fará sua estreia na sexta-feira contra Omã. No domingo, o duelo será contra Portugal e, para fechar a primeira fase, enfrentará a Nigéria no dia 26. Os dois melhores de cada chave disputarão as quartas de final, no dia 28. Os classificados para as semifinais jogam no dia 30 de novembro e a grande final será realizada em 1.º de dezembro.

O Mundial de Futebol de Areia volta a ser disputado na América do Sul, depois de a última edição, em 2017, ter sido realizada nas Bahamas. Entre 1995 e 2004, antes de o campeonato ser organizado pela Fifa, o Brasil sempre foi o país-sede. O País também recebeu o evento quando a entidade passou a chancelar a modalidade, em 2005, e continuou até 2007. Depois outros países sediaram o evento: França (2008), Dubai (2009), Itália (2011), Taiti (2013), Portugal (2015) e Bahamas (2017).

Após a edição no Paraguai, a Rússia receberá o Mundial de Futebol de Areia em 2021. O país – junto com Brasil, Portugal e Itália – é um dos favoritos na disputa pelo título. Bicampeões, os russos venceram o Brasil na final de 2011 e a Espanha na decisão de 2013.

Destaque da seleção brasileira, o atacante Rodrigo – finalista na escolha de melhor jogador do mundo e escolhido para a seleção com os cinco maiores jogadores do ano – disputou competições russas pelo BSC Kristall. O jogador foi artilheiro da Copa da Rússia, com dez gols.

“Muitas equipes evoluíram nos últimos tempos. Será um campeonato muito disputado. Portugal e Rússia são adversários de tradição e que sempre mostram um belo futebol. Mas estamos preparados para enfrentar todas as equipes da mesma forma, dando nosso melhor, em busca do hexa para o Brasil”, disse Rodrigo.

Outro destaque da equipe brasileira é o goleiro Mão, atleta que mais disputou jogos em Mundiais. Foram 46 partidas e o jogador poderá atingir a marca de 50 duelos na competição. “Alegria demais em chegar nessa marca. Mas, acima de tudo em defender a seleção mais uma vez. Estou super feliz e extremamente motivado para disputar essa Copa do Mundo, que será a minha décima. O grupo está muito focado em fazer uma grande competição”, diz Mão

DESAFIO DE MANTER HEGEMONIA 

O Brasil tem nove títulos do Mundial antes da chancela Fifa e cinco após a entrada da entidade na modalidade. Um dos líderes do time ao lado do goleiro Mão, o defensor Bruno Xavier confia que será possível manter a hegemonia na modalidade com mais um troféu de campeão. “Sabemos da nossa responsabilidade, pois só de vestir essa camisa e representar o nosso país, já é nosso maior desafio. Claro que estamos preparados para defender o título e vamos juntos com a nação brasileira”, disse.

O técnico do time brasileiro, Gilberto Costa, foi eleito o melhor treinador em premiação realizada no dia 9 pela Beach Soccer World Wide. Desde 2016 no comando da seleção, o carioca venceu 93 dos 94 jogos disputados. A única derrota foi para a seleção russa na Copa Intercontinental de Dubai, em 2018. Foram 17 competições disputadas e 16 títulos conquistados.

Gilberto destaca a reta final da preparação da seleção para a disputa do Mundial. “Foco nos três primeiros jogos: Omã, Portugal e Nigéria. E, como estamos há quatro anos juntos, iremos apresentar novos posicionamentos e jogadas de bola parada A equipe tem total consciência que os resultados obtidos nos últimos anos não garantem uma nova conquista. Então, estaremos prontos para todas as dificuldades.”

O Brasil disputará este Mundial contando com os goleiros Mão e Rafa Padilha; com os defensores Antonio, Bruno Xavier, Catarino, Filipe e Rafinha Amorim; e com os atacantes Bokinha, Datinha, Lucão, Mauricinho e Rodrigo.

Confira as chaves e os participantes do Mundial de Futebol de Areia:

Grupo A – Paraguai, Japão, Suíça e EUA

Grupo B – Uruguai, México, Itália e Taiti

Grupo C – Bielo-Rússia, Emirados Árabes, Senegal e Rússia

Grupo D – Brasil, Omã, Portugal e Nigéria

*Com informações do Estadão Conteúdo