Nadal vence argentino e encara bósnio na 3ª rodada do Aberto da Austrália

  • Por Estadão Conteúdo
  • 17/01/2018 10h39 - Atualizado em 17/01/2018 10h40
Tracey Neramy / EFE Nadal conquistou apenas um título na Austrália, em 2009

Não foi fácil, mas o espanhol Rafael Nadal conseguiu se classificar sem perder sets para a terceira rodada do Aberto da Austrália. Nesta quarta-feira (17), o número 1 do mundo se garantiu na próxima fase em Melbourne ao derrotar o argentino Leonardo Mayer, o 52º colocado no ranking da ATP, por 6/3, 6/4 e 7/6 (7/4), em 2 horas e 38 minutos, na Rod Laver Arena.

Nadal agora soma 53 vitórias em 64 jogos no Aberto da Austrália, Grand Slam que venceu em 2009 e do qual é o atual vice-campeão, tendo sido batido pelo suíço Roger Federer no ano passado. O seu próximo rival em Melbourne vai ser o bósnio Damir Dzumhur, o número 30 do mundo, que derrotou o australiano John Millman em quatro sets, por 7/5, 3/6, 6/4 e 6/1, nesta quarta.

Diante de Mayer, Nadal dominou os dois primeiros sets e estava prestes a fechar o terceiro quando liderava o placar por 5/4 no seu serviço. Mas aí Mayer quebrou o saque do espanhol e levou a parcial para o tie-break, quando o espanhol voltou a se impor para assegurar a passagem de fase em Melbourne.

Também nesta quarta-feira na Austrália, o croata Marin Cilic avançou sem problemas à terceira rodada ao bater o português João Sousa, o número 70 do mundo, por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 7/5 e 6/2, em 1 hora e 47 minutos. O próximo oponente do número 6 do mundo será o norte-americano Ryan Harrison (45º), que superou o uruguaio Pablo Cuevas por 6/4, 7/6 (7/5) e 6/4.

Em uma batalha de 3 horas e 38 minutos, o francês Jo-Wilfried Tsonga, o número 15 do mundo, derrotou o canadense Denis Shapovalov (50º) por 3 sets a 2, com parciais de 3/6, 6/3, 1/6, 7/6 (7/4) e 7/5. Tsonga esteve em situação complicada, pois perdia o quinto set por 3/0, mas reagiu para triunfar. Agora, então, ele vai encarar o australiano Nick Kyrgios, o número 17 do mundo, que bateu nesta quarta o sérvio Viktor Troicki (65º) por 7/5, 6/4 e 7/6.

Número 11 do mundo, o espanhol Pablo Carreño Busta liderava o placar por 6/2 e 3/0 quando o francês Gilles Simon (57º) abandonou a quadra lesionado. Garantido na terceira rodada, o espanhol agora terá pela frente o luxemburguês Gilles Muller (28º), que precisou de cinco sets para eliminar o tunisiano Malek Jaziri (7/5, 6/4, 6/7, 3/6 e 6/2).

Em outros jogos nesta quarta-feira em Melbourne, o argentino Diego Schwartzman, o britânico Kyle Edmund, o georgiano Nikoloz Basilashvili, o italiano Andreas Seppi e o croata Ivo Karlovic garantiram presença na terceira rodada do Aberto da Austrália.