Premiê do Japão ressalta importância de vacina contra Covid-19 para Jogos de Tóquio

  • Por Jovem Pan
  • 25/05/2020 10h28
EFE/EPA/KIM KYUNG-HOONO primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, falou sobre os Jogos de Tóquio

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, afirmou nesta segunda-feira (25) que os Jogos Olímpicos de Tóquio, remarcados para o ano que vem, precisam ser disputados de forma “ideal” e com a necessidade de uma vacina contra o coronavírus.

A fala aconteceu em entrevista coletiva na capital japonesa, que teve como tema também o fim do estado de emergência no país, que estava em vigor desde 7 de abril por causa da pandemia. Em 24 de março, a Olimpíada foi adiada para 2021 e será disputada entre os dias 23 de julho e 8 de agosto.

“Atualmente, o COI (Comitê Olímpico Internacional) e o comitê organizador (de Tóquio 2020) estão trabalhando para a preparação da Olimpíada no verão do ano em que vem. No entanto, a luta contra o coronavírus será longa”, disse Abe.

As declarações do ministro japonês vêm na sequência de palavras recentes do presidente do COI, Thomas Bach, em que afirmou ser impossível adiar mais uma vez os Jogos. “O governo mantém a posição de a Olimpíada ser disputada de forma ideal como uma amostra da vitória completa da humanidade contra o coronavírus”, disse Bach.

Mas Abe afirmou que a luta contra a Covid-19 não é apenas do Japão. “As pessoas virão de todo o mundo e os atletas vão querer treinar. Eu acho que é extremamente importante que se desenvolvam medicamentos e a vacina”, afirmou o premiê.

*Com Estadão Conteúdo