Rafael Nadal perde para Thiem e está eliminado do Aberto da Austrália

  • Por Jovem Pan
  • 29/01/2020 11h14
ReproduçãoRafael Nadal está eliminado do Aberto da Austrália

Não será no Aberto da Austrália que Rafael Nadal igualará o recorde de 20 títulos de Grand Slam do suíço Roger Federer. Nesta quarta-feira (29), a busca pelo feito foi interrompida com a eliminação nas quartas de final em Melbourne ao perder para o austríaco Dominic Thiem por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/3), 7/6 (7/4), 4/6 e 7/6 (8/6), em 4 horas e 10 minutos.

Assim, Thiem se classificou para a sua quinta semifinal de Grand Slam após uma partida marcada por pontos eletrizantes e longos. Mas será a primeira fora de Roland Garros. Mais significativo: o resultado acabou com a série de sete semifinais em torneios consecutivos do espanhol nos Grand Slams, um período durante o qual ele ganhou três troféus para diminuir sua diferença em relação a Federer.

O último Grand Slam sem Nadal nas semifinais havia sido no Aberto da Austrália de 2018, sendo que no ano passado ele perdeu a decisão para o sérvio Novak Djokovic. Mas Melbourne está longe de ser o Major preferido de Nadal, tanto que só foi campeão por lá em 2009, acumulando duas taças de Wimbledon, quatro do US Open e 12 de Roland Garros.

Thiem estava em desvantagem de 5 a 0 para Nadal nos Grand Slams, incluindo derrotas nas decisões em Paris nos últimos dois anos. Mas esta foi diferente, com o austríaco vencendo 24 dos 16 pontos com nove ou mais trocas de bolas. Ele também conseguiu suportar o desafio físico de encarar o espanhol e escolheu os momentos adequados para subir à rede.

Agora, Thiem jogará com Alexander Zverev por um lugar na final do Aberto da Austrália. O alemão chegou à sua primeira semifinal de Grand Slam ao superar um terrível início de partida para derrotar o suíço Stan Wawrinka, dono de três títulos de Major, por 1/6, 6/3, 6/4 e 6/2.

FEDERER MULTADO 

Também nesta quarta-feira, Federer foi multado em US$ 3 mil (aproximadamente R$ 12,6 mil) por ter realizado alguns xingamentos durante o terceiro dos cinco sets da sua partida contra o norte-americano Tennys Sandgren, pelas quartas de final, na terça. Ele ainda discutiu com a arbitragem depois de ser advertido por suas obscenidades. Nas semifinais, sexta-feira, o suíço terá pela frente Djokovic.

*Com informações do Estadão Conteúdo