Rafael Nadal vira sobre argentino e se classifica às oitavas de final no US Open

  • Por Estadão Conteúdo
  • 03/09/2017 10h44
Rafael Nadal comemora vitória contra o argentino Leonardo Mayer que o garantiu nas oitavas de final do US Open

O número 1 do mundo venceu mais uma vez em Nova York. Neste sábado, o espanhol Rafael Nadal sofreu para derrotar de virada o argentino Leonardo Mayer por 3 sets a 1 – com parciais de 6/7 (3/7), 6/3, 6/1 e 6/4, em 3 horas e 20 minutos – e avançou às oitavas de final do US Open – o quarto e último Grand Slam da temporada, disputado em quadras duras.

O próximo rival de Rafael Nadal, que permanecerá na primeira colocação do ranking da ATP se conseguir chegar às semifinais, será o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que precisou de apenas 1 hora e 21 minutos para derrotar o sérvio Viktor Troicki por 3 sets a 0 e com direito a um “pneu” na segundo parciais – 6/1, 6/0 e 6/4.

No confronto direto contra Rafael Nadal no circuito profissional, Alexandr Dolgopolov terá de superar também o retrospecto muito favorável ao espanhol. O ucraniano venceu apenas dois dos oito embates contra o atual número 1 do mundo.

Também em sets diretos, o austríaco Dominic Thiem, cabeça de chave número 6 em Nova York, se garantiu na segunda semana do US Open ao vencer neste sábado o francês Adrian Mannarino com as parciais de 7/5, 6/3 e 6/4, após 2 horas e 14 minutos. Nas oitavas de final, terá um adversário de muito prestígio pela frente: o argentino Juan Martin del Potro, campeão em 2009.

Neste sábado, o tenista da Argentina acabou com o sonho do espanhol Roberto Bautista Agut de atingir pela primeira vez na carreira o Top 10 do ranking mundial. Contra o número 13 do mundo, Juan Martin del Potro venceu por 3 sets a 0 – com parciais de 6/3, 6/3 e 6/4.

OUTROS JOGOS – O belga David Goffin chegou pela primeira vez às oitavas de final do US Open. Neste sábado, o 14.º do ranking da ATP nem precisou terminar a sua partida. Vencia seu jogo de terceira rodada contra Gael Monfils por 7/5 e 5/1, quando o francês abandonou por lesão no joelho direito.

O adversário de David Goffin nas oitavas de final será o russo Andrey Rublev. Vindo de uma surpreendente vitória sobre o búlgaro Grigor Dimitrov na rodada anterior, o tenista de 19 anos manteve o bom momento e venceu o bósnio Damir Dzumhur por 3 sets a 1 – com parciais de 6/4, 6/4, 5/7 e 6/4.

Também se classificou o alemão Philipp Kohlschreiber, que derrotou o australiano John Milman por 3 sets a 0 – com parciais de 7/5, 6/2 e 6/4.

BRASILEIROS – Rogério Dutra Silva, número 1 do Brasil em simples, se despediu do US Open neste sábado ao ser eliminado na segunda rodada da chave de duplas. Ao lado do italiano Paolo Lorenzi, ele levou a virada do australiano John-Patrick Smith e do norte-americano Nicholas Monroe por 2 sets a 1 – com parciais de 6/7 (1/7), 6/4 e 6/3.

Derrotado na primeira rodada de simples, Rogerinho poderia garantir vaga nas quartas de final das duplas se vencesse a partida deste sábado, já que os próximos rivais, os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli, foram desclassificados por causa de uma pena aplicada a Fognini.

Na duplas mistas, jogando pela primeira vez ao lado da húngara Timea Babos, Bruno Soares estreou com vitória. Cabeças de chave número 4, eles derrotaram a parceria norte-americana de Sofia Kenin e Michael Mmoh em dois sets diretos, com duplo 6/2.

Na segunda rodada do US Open, Bruno Soares e Timea Babos terão pela frente o croata Nikola Mektic e a romena Raluca Olaru, que estrearam também com vitória em sets diretos, derrotando os norte-americanos Bjorn Fratangelo e Jennifer Brady com duplo 6/4

Já Marcelo Demoliner, ao lado da checa Kveta Peschke, teve seu jogo pela segunda rodada adiado para este domingo por causa da chuva em Nova York. A dupla do brasileiro está perdendo por 6/0 e 1/2 para a parceria cabeça de chave número 1 formada pelo escocês Jamie Murray e pela suíça Martina Hingis.