Seleção de basquete perde para a Argentina no último teste antes da Copa América

  • Por Estadão Conteúdo
  • 22/08/2017 09h13
Bruno Caboclo foi o destaque da Seleção com 23 pontos e 14 rebotes

A Seleção Brasileira masculina de basquete encerrou a sua preparação para a Copa América com derrota. No fim da noite de segunda-feira (22), a equipe encarou a Argentina pela rodada final do Super Four de Salta e acabou perdendo por 86 a 74 para a equipe campeã do torneio amistoso.

Em Salta, a renovada Seleção do Brasil, comandada por César Guidetti, havia entrado em quadra outras duas vezes, com derrota para o Uruguai, por 69 a 63, e vitória sobre a Colômbia, por 72 a 58. Assim, fechou o torneio em terceiro lugar, atrás dos argentinos, com três triunfos, e dos uruguaios, com dois, e só à frente da Colômbia, que perdeu todos os jogos que disputou.

Diante da Argentina, o Brasil fez um duelo equilibrado e fechou o primeiro quarto vencendo por 19 a 17, apoiada pela boa atuação de Bruno Caboclo, com 11 pontos e três de quatro arremessos de três convertidos. Porém, os argentinos reagiram no segundo período e foram ao intervalo ganhando por 41 a 36.

Após o intervalo, a Seleção Brasileira se manteve competitiva, mas permitiu que a Argentina fosse abrindo vantagem no placar. Os anfitriões fecharam o terceiro quarto vencendo por 61 a 42 e terminaram o jogo com o placar favorável de 86 a 74.

Bruno Caboclo foi o grande destaque do Brasil na partida ao registrar um “double-double” de 23 pontos e 14 rebotes. Já Fúlvio somou 14 pontos, oito rebotes e sete assistências. Facundo Campazzo foi o cestinha da Argentina com 16 pontos.

Bastante renovada e sob novo comando, a Seleção iniciou a sua preparação para a Copa América em Pindamonhangaba, no interior paulista, onde venceu dois amistosos contra Camarões. E agora participou do torneio amistoso em Salta. Já nesta terça, segue para a Colômbia.

O Brasil está no Grupo A da Copa América, que será realizado em Medellín, sendo que a estreia ocorrerá diante da anfitriã Colômbia, na próxima sexta-feira (25). Nos dois dias seguintes, as partidas serão contra México e Porto Rico. O primeiro colocado da chave se garante nas semifinais, com a fase decisiva sendo realizada em Córdoba, na Argentina.