Será proibido fumar nas instalações esportivas da Olimpíada de 2020

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2019 12h50
ReproduçãoOrganização da Olimpíada quer deixar um legado de melhor saúde pública no Japão

Entre os países mais desenvolvidos do mundo, o Japão é um dos países mais permissivos com o ato de fumar. A nação asiática tem uma das piores políticas antitabaco, de acordo com Organização Mundial da Saúde (OMS). Atualmente é permitido fumar inclusive em bares e restaurantes. Mas a Olimpíada de 2020 pode começar a mudar isso. A organização anunciou, nesta quinta-feira (28), que será proibido fumar nos locais de competição e também nos arredores.

É uma política antitabaco mais dura que aquelas de Olimpíadas anteriores, como Londres (2012) e Rio de Janeiro (2016). Nestes lugares também era proibido fumar dentro das instalações esportivas, mas existiam pontos de fumantes nos arredores.

Na Olimpíada de 2020 tudo estará vetado. E essa proibição também valerá para os cigarros eletrônicos e o tabaco aquecido. O comitê organizador decidiu aplicar as restrições com base nas recomendações feitas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e com o objetivo de “proteger a saúde dos atletas e dos espectadores”, segundo explicou em comunicado. A nota acrescenta que a edição de 2020 quer “deixar um legado de melhor saúde pública no Japão”.

A partir de 2020, uma nova legislação aprovada pelo governo japonês endurecerá levemente os requisitos para estabelecimentos comerciais onde se pode fumar, embora o alcance desta medida – 55% dos locais ficarão isentos de aplicá-la – tenha gerado dúvidas sobre a sua utilidade. O governo de Tóquio decidiu aplicar a partir de abril de 2020 uma ordem que proibirá fumar em todos os bares e restaurantes que contem com empregados (além do proprietário), o que significa que 84% dos estabelecimentos da capital ficarão livres de fumaça.

Com EFE