Thiago Monteiro derrota argentino e passa às oitavas de final no Torneio de Quito

  • Por Estadão Conteúdo
  • 07/02/2018 08h28
Reprodução / Twitter / Ecuador OpenThiago Monteiro foi o único brasileiro que venceu no torneio de simples do ATP de Quito

Em um dia atrapalhado pela chuva, que atrasou quase toda a programação de jogos, o brasileiro Thiago Monteiro conseguiu a classificação às oitavas de final do Torneio de Quito, um ATP 250 disputado em quadras de saibro na capital do Equador, ao derrotar o argentino Horácio Zeballos por 2 sets a 0 – com parciais de 6/4 e 7/6 (10/8), em 1 hora e 39 minutos.

Atual número 118 do ranking da ATP, o tenista cearense obteve contra o cabeça de chave número 5 e 66º do mundo a sua segunda vitória em jogos de simples em 2018 – a primeira foi no ATP 250 de Pune, na Índia. Garantido nas oitavas de final em Quito, Thiago Monteiro enfrentará o vencedor da partida entre o lucky-loser italiano Alessandro Giannessi e o canadense Peter Polansky, que se enfrentarão nesta quarta-feira.

Vindo da disputa da Copa Davis pelo Brasil contra a República Dominicana em quadras de piso rápido, Thiago Monteiro marcou o primeiro triunfo do País em Quito, já que, na última segunda-feira (5), Rogério Dutra Silva e Thomaz Bellucci foram eliminados logo na estreia.

“Não teve muito tempo para se adaptar, mas sabia que entrar bem no ponto seria fundamental”, disse Thiago Monteiro, após derrotar Horácio Zeballos. “Não tem jogo fácil em torneio ATP, já perdi do (Peter) Polansky no quadra rápida ano passado. O (Alessandro) Giannessi não conheço muito, mas sei que ambos deixam jogar, dão mais ritmo que o Zeballos. É tentar sacar bem, devolver bem e me adaptando à altitude e condições daqui”, completou, já analisando seu próximo rival.

NA FRANÇA – Pelo ATP 250 de Montpellier, realizado em quadras duras na França, o local Gilles Simon teve que suar bastante para ganhar na estreia. Contra o alemão Yannick Maden, o ex-Top 10 ganhou por 2 sets a 1 – com parciais de 6/1, 4/6 e 7/6 (7/3) e agora enfrentará o belga David Goffin, atual número 7 do mundo

Cabeça de chave número 2, o francês Lucas Pouille conheceu seu primeiro rival em Montpellier. O 17º do ranking enfrentará o espanhol Carlos Taberner, 190º do mundo, que venceu um duelo entre jogadores vindos do qualificatório contra o eslovaco Norbert Gombos por 7/6 (7/5) e 7/6 (7/1).

Ainda nesta terça-feira, o francês Jeremy Chardy avançou no torneio ao derrotar o grego Stefanos Tsitsipas por 4/6, 7/5 e 7/5. O russo Karen Kachanov eliminou o experiente espanhol David Ferrer por 2 sets a 1 – com parciais de 6/7 (5/7), 6/3 e 6/4.

NA BULGÁRIA – Principal cabeça de chave do ATP 250 de Sófia, disputado em quadras rápidas, o suíço Stan Wawrinka já sabe contra quem irá estrear. O atual número 15 do mundo iniciará a sua campanha diante do eslovaco Martin Klizan, que bateu nesta terça-feira o convidado local Alexander Donski por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1.

Ainda nesta terça-feira, o alemão Florian Mayer conseguiu uma vaga na chave como “lucky-loser” após a desistência do ucraniano Sergiy Stakhovsky. Mas o tenista da Alemanha não foi muito longe e perdeu para o bósnio Mirza Basic por 6/4 e 6/1, que agora enfrenta o cabeça 4 alemão Philipp Kohlschreiber.

Em outro duelo do dia, o búlgaro Adrian Andreev teve poucas chances diante do usbeque Denis Istomin, que venceu por 6/3 e 6/4 e agora encara o sérvio Viktor Troicki, responsável pela eliminação do letão Ernests Gulbis por 6/3, 6/7 (2/7) e 6/3.