Pai de Neymar prestará depoimento à justiça espanhola nesta quarta-feira

  • Por EFE
  • 28/09/2014 14h38

NeymarNeymar

Neymar da Silva Santos, pai do atacante Neymar, prestará depoimento nesta quarta-feira como testemunha, para falar do contrato que assinou com o filho para concretizar a transferência para o Barcelona.

A justiça espanhola investiga crime de apropriação indébita cometido pelo ex-presidente do clube, Sandro Rosell, e o Barça ainda é investigado por um crime fiscal avaliado em 9,1 milhões de euros (R$ 28,05 milhões, em valores atualizados).

O contrato foi firmado na cidade de Barcelona em 3 de junho de 2013, entre Neymar e seu pai, Rossell e o atual presidente do clube, Josep María Bartomeu, mas não entrou em vigor até 29 de julho de 2013, tendo validade de cinco anos.

As dúvidas sobre o acordo custou ao antigo presidente o posto no clube. Acusado em 22 de janeiro, mas tendo prestado depoimento apenas em 22 de julho, Rossell tenta provar a legalidade do negócio, que foi avaliado em 57,1 milhões de euros, o que foi questionado por um sócio do clube, Jordi Cases.