Pai de zagueiro critica Temer por provável ausência em velório: “falta de respeito”

  • Por Jovem Pan
  • 02/12/2016 13h40

Michel Temer não deve comparecer ao velório dos mortos no voo da Chapecoense

Michel Temer não deve comparecer ao velório dos mortos no voo da Chapecoense

A provável decisão do presidente Michel Temer, de não comparecer ao velório dos mortos no acidente aéreo da Chapecoense, revoltou o pai de uma das vítimas da tragédia. Osmar Machado, pai do zagueiro Filipe Machado, criticou o peemedebista por não ir à cerimônia na Arena Condá. Temer deve apenas recepcionar os corpos no aeroporto de Chapecó e teria pedido a presença dos familiares no local.

“Eu não vou ao aeroporto… Não! Ele que tem que vir aqui. Você acha que eu vou deixar o meu filho aqui e ir até lá para dar um abraço nele? Só porque ele é presidente? Não. Eu não vou. Qual é a importância que vai ter um abraço dele para mim? É até uma falta de respeito dele ficar lá”, disparou Osmar Machado. 

“Ele tem que vir aqui, participar, ficar com a gente, olhar… O que ele tem de importante para nos esperar no aeroporto? Porque é presidente? Não... Eu não vou, não, de jeito nenhum! Qual o motivo de eu ir ao aeroporto e receber um consolo dele? É o fim do mundo. Eu não acredito que isso seja verdade…”, acrescentou, referindo-se à informação de que deveria ir ao aeroporto para encontrar o presidente Michel Temer.

Michel Temer deve apenas ficar no aeroporto de Chapecó à espera dos corpos dos mortos no acidente aéreo. Ele vai chegar à cidade nesta sexta-feira e, de acordo com a sua agenda, não comparecerá ao velório coletivo que será realizado na Arena Condá, no próximo sábado. 

De acordo com informações do jornal O Globo, Temer não irá à cerimônia por receio de vaias. Nas duas últimas experiências do presidente em estádios de futebol, ele foi hostilizado. As situações aconteceram no Maracanã, durante a abertura da Olimpíada, em agosto, e da Paralimpíada, em setembro.