Pai do atacante Jonathan Calleri confirma acerto do jogador com o São Paulo

  • Por Agência Estado
  • 19/01/2016 17h55
Jonathan Calleri tem 22 anos e é pretendido por clubes brasileiros para a disputa da Libertadores

O argentino Jonathan Calleri será o próximo reforço do São Paulo para a temporada. Guillermo Calleri, pai do atacante ex-Boca Juniors, afirmou nesta terça-feira que até no máximo quarta-feira o acordo deve ser selado para que o jogador de 22 anos acerte com o clube do Morumbi um empréstimo de seis meses. Ao fim desse período o atleta vai se transferir ao futebol italiano.

“O assunto está muito bem encaminhado. É possível que se concretize. Devemos ter a confirmação entre hoje (terça) e amanhã”, disse o pai do jogador. Calleri começou a carreira no All Boys e chegou ao Boca Juniors em junho de 2014. Ele viveu boa fase no último ano, quando fez dupla de ataque com Carlos Tevez e conquistou o Campeonato Argentino e a Copa da Argentina, com 23 gols marcados na temporada.

Nos últimos dias o Boca vendeu Calleri a um grupo de empresários por cerca de R$ 48 milhões, segundo a imprensa argentina. Os agentes o registraram no Deportivo Maldonado, do Uruguai. O jogador tem um acordo para se transferir ao futebol italiano no segundo semestre e até lá, vai atuar no São Paulo, por empréstimo. Na última sexta-feira o técnico Edgardo Bauza elogiou o jogador e confirmou a busca pelo reforço.

O São Paulo ainda não confirma a negociação e até agora, anunciou três reforços para 2016. O primeiro foi o lateral-esquerdo chileno Mena. O segundo foi o zagueiro Diego Lugano. O último contratado foi o atacante Kieza, que nesta terça-feira fez o seu primeiro treino com bola junto com o restante do elenco.