Palmeiras cede empate, mas goleia Vitória da Conquista e se classifica

  • Por Jovem Pan
  • 04/03/2015 23h55

Palmeiras derrotou o Vitória da Conquista por 4 a 1 e eliminou o jogo de volta

Palmeiras comemora em jogo contra o Vitória da Conquista

O Palmeiras entrou em campo na noite desta quarta-feira (4), no Estádio Lomanto Júnior, para fazer sua estreia na Copa do Brasil 2015, contra o Vitória da Conquista. O time comandado pelo técnico Oswaldo de Oliveira fez um primeiro tempo sem brilhantismo, mas abriu o placar ainda na etapa inicial, após cobrança de pênalti de Cristaldo. No segundo tempo, o Palmeiras tomou o empate, quando Tatu marcou o gol do Vitória da Conquista, mas o Verdão teve forças para buscar a virada, com gols de Allione, Robinho e Dudu e, com a vitória pelo placar de 4 a 1, a equipe paulista eliminou o jogo de volta.

Com o resultado, o Palmeiras avança diretamente para a segunda fase da Copa do Brasil e agora aguarda a definição do confronto entre Sampaio Corrêa-MA e Estrela do Norte-ES para saber quem será seu próximo oponente na competição. No jogo de ida, o Estrela do Norte venceu, em casa, pelo placar de 3 a 2, e a partida de volta será no dia 1º de abril, no Estádio Castelão.

O primeiro tempo não foi de muita qualidade técnica e o Vitória da Conquista até teve maior volume de jogo, mas foi o Palmeiras que abriu o placar. Aos 13 minutos, Dudu foi derrubado na área por Fernando Belém e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Cristaldo bateu firme bem no canto esquerdo do goleiro Viáfara, que pulou para o lado certo, mas nada pôde fazer por conta de batida praticamente perfeita: 1 a 0.

Com 42 minutos da etapa inicial, o time baiano chegou a assustar bastante o Palmeiras, quando Rafamar girou e bateu de longe, obrigando Fernando Prass a pular e fazer bela defesa para evitar o empate. No lance seguinte, o Vitória da Conquista cobrou escanteio, com Matheus Leoni, e Fausto cabeceou, mas o arqueiro palmeirense novamente apareceu bem para evitar o gol da igualdade. A etapa inicial no Estádio Lomanto Júnior terminou com vantagem mínima do alviverde paulista.

No segundo tempo, o Verdão viu a situação ficar complicada aos 18 minutos, quando Carlinhos fez jogada pela esquerda e rolou para Tatu mandar uma bomba para o gol e deixar tudo igual no Lomantão.

Apesar de ter tomado o empate, o Palmeiras não se abateu e, logo aos 20, Robinho chegou até a linha de fundo, pela direita, e rolou para Allione empurrar para o gol e recolocar o alviverde paulista em vantagem: 2 a 1.

O Palmeiras perdeu o volante Arouca aos 28 minutos da etapa complementar, quando o meio-campista acertou um carrinho em Matheus Leoni e o árbitro interpretou que a falta foi forte demais. Após a expulsão, Oswaldo de Oliveira tirou Allione e colocou Amaral para recompor o meio de campo.

O Palmeiras correu atrás do terceiro gol e marcou aos 34, quando a bola sobrou para Robinho no meio da área e ele mandou uma pancada de direita, no canto direito de Viáfara, sem chances de defesa para o arqueiro do time baiano.

Ainda houve tempo para Dudu marcar o seu gol, aos 38 minutos, em chute que furou a rede, e definir a goleada palmeirense, que garantiu a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil.