Palmeiras cresce no segundo tempo, bate Sampaio Corrêa por 3 a 0 e se classifica

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2014 00h01

Palmeiras derrotou o Sampaio Corrêa por 3 a 0 e assegurou a classificação para a terceira fase

Folhapress Palmeiras comemora gol contra o Sampaio Corrêa

Foi difícil. Muito mais até do que boa parte dos torcedores palmeirenses imaginavam. Mas depois de muito sufoco, o Palmeiras conseguiu se classificar para a terceira fase da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (14), depois de perder o jogo de ida na semana passada, por 2 a 1, o alviverde de Palestra Itália recebeu o Sampaio Corrêa, no estádio do Pacaembu, e mesmo não tendo jogado bem, o Palmeiras melhorou bastante no segundo tempo, venceu por 3 a 0 e avançou na competição.

Depois de um primeiro tempo sem gols, o Palmeiras abriu o placar aos 20 minutos da segunda etapa, com Mendieta. Nos minutos finais, Henrique, aos 45, e Felipe Menezes, aos 47, fizeram mais dois e asseguraram a classificação do time paulista.

O primeiro tempo começou morno, mas o Palmeiras tentava se impor jogando em casa. Logo aos seis minutos, Mendieta deu um belo passe de calcanhar para Diogo, que entrou na área e caiu, mas árbitro mandou o jogo seguir.

A primeira grande oportunidade de gol, entretanto, foi do Sampaio Corrêa que, aos 11 minutos, chegou bem em chute cruzado de Willian, mas Fábio fez bela defesa e evitou o gol da equipe visitante.

Aos 41, foi a vez de o Palmeiras levantar sua torcida, quando Henrique recebeu passe, mandou um arremate de muito longe e viu a bola carimbar a trave esquerda da meta do Sampaio Corrêa. Por pouco o Verdão não tirou o zero do placar.

No restante da etapa, o jogo seguiu com poucas emoções, já que o Palmeiras tinha muitas dificuldades para criar chances de gol e o Sampaio Corrêa pouco assustava o alviverde de Palestra Itália. Assim, o primeiro tempo não poderia terminar de outra forma senão com o placar inalterado.

Logo após a volta dos vestiários, o Palmeiras seguiu tendo dificuldades. No início do segundo tempo, inclusive, foi o Sampaio Corrêa que começou um pouco mais incisivo.

Aos poucos, entretanto, o time da casa foi se soltando, mas mesmo assim tinha muitas dificuldades. E, aos 15 minutos, o Verdão teve boa chance, quando Mendieta arriscou de muito longe e viu a bola tocar de leve no travessão.

Dois minutos mais tarde, Diogo finalizou da entrada da área e o goleiro Rodrigo Ramos fez bela defesa. Já aos 19, após cruzamento, Mendieta tocou de cabeça e a bola bateu na trave.

Não deu nem tempo de Mendieta se lamentar e, já no lance seguinte, ele conseguiu abrir o placar para o alviverde de Palestra Itália. Após lançamento, Henrique brigou no alto com a zaga e desviou de cabeça. Na sequência, a bola sobrou para Mendieta, dentro da área, e ele tocou na saída do goleiro para inaugurar o marcador. 1 a 0 e alívio momentâneo para o torcida palmeirense.

Depois do gol, o Palmeiras se animou e até chegou a criar outras boas oportunidades. Aos 28 minutos, Henrique invadiu a área pela direita, bateu cruzado e mandou pela linha de fundo, quase marcando o segundo.

O Sampaio Corrêa, entretanto, estava disposto a jogar suas últimas fichas e, aos 36 minutos, a equipe maranhense assustou bastante os donos da casa, quando William Paulista chegou pela esquerda, bateu cruzado, mas Fábio defendeu bem, para alívio da torcida local.

Aos 42, após Fábio afastar cruzamento da área de soco, Wesley saiu em contra-ataque e, sozinho, teve a chance de matar o jogo, mas mandou a finalização para fora, para desespero da torcida palmeirense.

Mesmo com a bobeada de Wesley, o Palmeiras foi bem nos contra-ataques e não demorou a ampliar a vantagem.

Apostando nos contra-ataques, o Palmeiras chegou pela esquerda, aos 45 minutos, com Marquinhos Gabriel, que encontrou Henrique na entrada da área. O atacante dominou a bola, cortou para o meio e bateu para o gol para fazer o segundo.

E ainda cabia mais. Dois minutos após o gol de Henrique, Wesley deu boa assistência para Felipe Menezes, que bateu com força, no canto, fez o terceiro e selou a classificação palmeirense.

Na terceira fase da Copa do Brasil, o Palmeiras mede forças com o Avaí, que perdeu o jogo de ida, disputado no estádio municipal de Arapiraca, por 3 a 2, mas venceu em casa, no estádio da Ressacada, por 2 a 1 e se classificou pelo critério de maior número de gols marcados na casa do adversário.