Palmeiras deixa escapar vitória nos minutos finais e empata com Cruzeiro no Mineirão

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2014 21h30

Jogadores do palmeiras comemoram gol de MouchePalmeiras sai na frente

O Palmeiras foi ao Mineirão e empatou com o líder do campeonato por 1 a 1, deixando a vitória escapar nos minutos finais. O Cruzeiro dominou praticamente toda a partida, mas não conseguia fazer o tento da vitória. No segundo tempo, o alviverde abriu o placar aos 43 minutos, após uma boa jogada de Felipe Menezes, que puxou contra-ataque e achou Henrique na lateral esquerda. Ele cruzou para Mouche mandar para o fundo do gol do Cruzeiro.

O jogo parecia definido, mas aos 47, Willian emendou um chute forte de fora da área e Prass fez grande defesa, mas no rebote, Dagoberto aproveitou a chance e deu o empate para o líder do campeonato.

Um dos destaques da partida foi o goleiro Fernando Prass, que fechou o gol e evitou a derrota do time do Palmeiras. Agora, o Palmeiras tem o clássico contra o Corinthians, no próximo sábado (25). Já o Cruzeiro vai até Florianópolis para enfrentar o Figueirense.

O jogo

Logo no início da partida já dava para perceber como seria o jogo. O Cruzeiro tomava as rédeas do jogo, enquanto o Palmeiras jogava por uma bola no contra-ataque.

Aos cinco minutos, Dedé recebeu cruzamento na área e cabeceou com perigo, por cima do gol do Palmeiras. Aos 11 minutos, Éverton Ribeiro chutou forte de fora da área e Fernando Prass fez boa defesa.

A melhor chance da primeira etapa, como esperado, foi do Cruzeiro. Aos 20 minutos, uma bola alçada na área passou por todo mundo e bateu na trave do goleiro alviverde. No rebote, Marquinhos finalizou à queima-roupa e Prass fez excelente defesa, dando outra chance para o atacante cruzeirense, que finalizou forte novamente e Prass fez outra grande defesa, encaixando a bola.

A primeira finalização do Palmeiras foi só aos 27 minutos. Juninho arriscou de fora da área e Fábio espalmou para escanteio.

No segundo tempo, o ritmo era o mesmo: o Cruzeiro atacava e o Palmeiras se defendia. Mas o time paulista conseguiu conter o ímpeto dos mineiros, que pressionaram menos.

Aos 10 minutos, Ricardo Goulart recebeu cruzamento de Éverton Ribeiro e cabeceou para fora, à esquerda de Fernando Prass, que já estava batido. A segunda boa chance do segundo tempo foi do Palmeiras. Mazinho cruzou na área e Henrique ajeitou de cabeça para Bernardo, que finalizou forte para a grande defesa de Fábio, aos 22 da etapa final.

O time celeste chegou de novo aos 33, quando Ricardo Goulart chutou à queima-roupa, após um corta-luz de Marcelo Moreno, e o goleiro palmeirense fez outra grande defesa.

O Palmeiras quase abriu o placar aos 39, quando Felipe Menezes enfiou linda bola para Mouche, que chutou mascado, acertou a trave e Egídio tirou em cima da linha. Mas aos 43, o time paulista conseguiu abrir o placar. Felipe Menezes puxou contra-ataque em velocidade e acionou Henrique, na lateral esquerda. O atacante cruzou para Mouche, que finalizou firme, para o fundo das redes dos mineiros.

O jogo parecia definido, mas o líder do campeonato chegou ao empate. Dagoberto, aos 47, aproveitou o rebote de Fernando Prass, depois do chute de Willian, e igualou o marcador, dando números finais à partida.