Palmeiras e Nacional marcam reunião, e futuro de Borja será definido nesta terça

  • Por Jovem Pan
  • 07/02/2017 14h58

Miguel Borja tem tudo para ser anunciado pelo Palmeiras na próxima quarta-feira

Efe Miguel Borja tem tudo para ser anunciado pelo Palmeiras na próxima quarta-feira

Não passa desta terça-feira a definição do futuro de Miguel Borja. Em contato exclusivo com o repórter Fredy Junior, da Rádio Jovem Pan, o gerente de futebol do Atlético Nacional, Victor Marulanda, revelou que representantes do Palmeiras e do clube colombiano vão se reunir no fim da tarde para acertar os últimos detalhes referentes à transferência do atacante de 24 anos. 

A conversa, que vai definir se Borja permanece ou não no Atlético Nacional, está marcada para as 17h de Medellín (20h de Brasília). 

A chance de o negócio ser sacramentado com final feliz para o Palmeiras é enorme, e o próprio Atlético Nacional sabe disto – tanto que, nesta terça-feira, liberou o jogador do treino com o restante do elenco em função das tratativas.

Entre Borja e Palmeiras, está tudo certo. Diante do fechamento da janela europeia e da resistência do atacante em jogar no futebol chinês, o clube alviverde retomou negociações com o Atlético Nacional, ofereceu salário superior ao que o atleta recebe na Colômbia e o fisgou. 

O projeto do Palmeiras encantou Borja, que se surpreendeu com o carinho dos torcedores nas redes sociais e vê boas chances de ganhar o bi da Libertadores com equipe de Palestra Itália  a possibilidade de reeditar dupla com Alejandro Guerra também fez brilhar os olhos do atacante. 

As indefinições, neste momento, passam por fatores financeiros. O Palmeiras oferece U$ 11 milhões (R$ 34 milhões) por 70% dos direitos econômicos do atleta, mas o Atlético Nacional quer este valor por 50%. Para convencer os colombianos, o clube alviverde pode aumentar a oferta ou apresentar formas de pagamento mais vantajosas.

A quantia sairia dos cofres da Crefisaque vai renovar com o Palmeiras nesta quarta-feira  a intenção do clube e da patrocinadora, por sinal, é de anunciar a contratação de Borja na própria quarta, fortalecendo a parceria que durará pelo menos mais dois anos.