Palmeiras entra com recurso no STJD para diminuir a pena de Dudu

  • Por Lancepress
  • 22/07/2015 09h08
O jogador Dudu, da SE Palmeiras, durante treinamento na Academia de Futebol, no bairro da Barra Funda. São Paulo/SP, Brasil - 10/03/2015. Foto: Cesar Greco / FotoarenaDudu terá que cumprir 180 dias de punição por empurrão em árbitro na final do Paulistão

Um dia depois de o TJD-SP manter a suspensão de 180 dias a Dudu, o Palmeiras entrou com um recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O documento foi protocolado no fim da tarde desta terça (21), e o clube agora aguarda a resposta da entidade. A partir do momento que o pleno do STJD aceitar o pedido, o camisa 7 receberá um efeito suspensivo e estará liberado para jogar. Isto deve ocorrer até sexta.

O Verdão já tinha entrado com um recurso, mas no TJD, só que o Tribunal na segunda manteve a suspensão, baseado no artigo 254-A, por agressão (empurrão no árbitro Guilherme Ceretta de Lima na final do Paulistão deste ano), e ainda aplicou mais uma partida de gancho no artigo 258, por desrespeito ao árbitro (xingamentos a Ceretta). Como a punição foi aplicada em dias, passa a valer imediatamente, e não apenas no próximo Estadual.

O Pleno do STJD é a última instância para que o Palmeiras recorra à pena. Como a resposta do recurso virá ainda nesta semana, é provável que Dudu esteja livre já para enfrentar o Vasco, domingo, em São Januário, pela 15ª rodada do Brasileirão, e que siga à disposição até a data do último julgamento.

O jogador já cumpriu 15 dias de pena, enquanto aguardava a liberação do primeiro efeito suspensivo. A intenção do Palmeiras é fazer com que o empurrão não seja considerado agressão, mas ato hostil. Desta forma, a pena máxima seria de três partidas, e válida apenas para o Estadual.