Palmeiras quer volta de Diego Souza para “substituir” Gabriel Jesus

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2017 12h06

Diego Souza fez dois gols no amistoso desta terça-feira

Diego Souza fez dois gols no amistoso desta terça-feira

Destaque do Sport e convocado para a Seleção Brasileira por Tite, Diego Souza pode estar na mira do Palmeiras para a sequência da temporada. Segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (26) pelo site do Globo Esporte, o meia de 32 anos se tornou o principal alvo do Alviverde após negociação frustrada com Richarlison, do Fluminense.

As características de Diego Souza, que já passou pelo clube entre 2008 e 2010, são o que o alviverde espera: um jogador capaz de jogar tanto fora da área, atuando como um meia, ou dentro dela, sendo um “falso nove”. Hoje quem melhor cumpre esse papel é o venezuelano Guerra. Apesar de não ser um atacante nato, o camisa 18 balançou as redes duas vezes no último domingo (25), contra a Ponte Preta.

Em contrapartida, jogando pelo atual campeão brasileiro, Diego teria a chance de continuar chamando a atenção de Tite e, consequentemente, garantir uma vaga entre os 23 que disputarão a Copa do Mundo em 2018.

No Palmeiras de 2016, quem melhor atendia a essa função era Gabriel Jesus. Cuca era capaz de usar o jovem atacante tanto pelas pontas – como ele vem jogando no Manchester City -, ou centralizado, como prefere Tite. 

E foi justamente substituindo Gabriel Jesus que Diego Souza fez sua melhor atuação pela Seleção Brasileira, colocando em Tite a dúvida sobre quem deveria ser o reserva imediato do camisa 9. O meia de 32 anos atuou como o único atacante no tradicional 4-1-4-1 do treinador da Seleção e marcou dois gols contra a Austrália, no último amistoso disputado.

O que pesa contra a ida de Diego Souza ao Palmeiras é a forma como ele saiu do clube em 2010. Brigado com a torcida, chegou a mostrar o dedo do meio para a arquibancada do antigo Palestra Itália, sendo afastado pela diretoria após o gesto.

Sua identificação com o Sport também pode colocar dúvidas sobre seu desempenho na Academia de Futebol. Em 2016, ele chegou a atuar alguns meses no Fluminense, mas acabou voltando ao time pernambucano, onde se tornou um dos principais destaques da edição passada do Brasileirão. Ao todo, Diego Souza tem 49 gols com a camisa rubro-negra.

Diego Souza no Palmeiras

Prós:

Reforço para o ataque;
– Versatilidade;
– Maior vitrine para convocações.

Contras:

– Desentendimentos com a torcida;
– Identificação com o Sport;
– Concorrência no setor.