Palmeiras volta a vencer o Novorizontino e confirma classificação para a semifinal

  • Por Jovem Pan com Estadão Conteúdo
  • 07/04/2017 22h58
SP - PAULISTÃO/PALMEIRAS X NOVORIZONTINO - ESPORTES - O jogador Borja do Palmeiras comemora gol durante partida entre Palmeiras x Novorizontino, válida pelo Campeonato Paulista 2017, no estádio do Pacaembu em São Paulo, SP, nesta sexta-feira (7). 07/04/2017 - Foto: MARCOS BEZERRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOMiguel Borja marca o segundo gol do Palmeiras contra o Novorizontino

Com uma grande atuação, o Palmeiras garantiu sua vaga para a semifinal do Campeonato Paulista na noite desta sexta-feira. O time comandado por Eduardo Baptista dominou totalmente o Novorizontino, no estádio do Pacaembu, fez 3 a 0 e vai com moral para os próximos jogos deste mês, como a fase decisiva do Estadual e nos dois compromissos pela Libertadores da América.

O Novorizontino foi a primeira da série das decisões de abril. Possivelmente, daqui em diante os adversários serão bem mais fortes. Afinal, nesta quarta-feira o Palmeiras tem pela frente outro time de preto e amarelo, o Peñarol, pela Libertadores. Depois, nos dois fins de semana seguintes, vai encarar a semifinal do Estadual, com a chance de ter um clássico. O adversário será o classificado com a pior campanha.

A mudança do jogo do estádio Allianz Parque para o Pacaembu pouco afetou o Palmeiras. A torcida compareceu em peso novamente e o time atuou como se estivesse na sua casa, com amplo domínio de posse de bola e grande repertório de jogadas. A equipe adversária foi controlada sem ameaçar o goleiro Fernando Prass. O placar agregado do confronto não deixa dúvidas: 6 a 1.

A lista de vantagens do Palmeiras era numerosa para o jogo no Pacaembu contra o Novorizontino. A vitória por 3 a 1 no confronto de ida, no último domingo, era a primeira, o mando de campo era outra e, por fim, a qualidade era o atributo mais decisivo. Por isso, o time quase não precisou acelerar tanto o ritmo para se confirmar na semifinal. Foi praticamente um treino. O Novorizontino parecia assustado e jogou na defesa, apesar de precisar da vitória.

Diante da marcação adversária, o Palmeiras preferiu ser paciente e aos poucos explorar qual a melhor direção para avançar. A primeira chance clara de marcar veio aos 23 minutos, quando do lado direito o lateral Fabiano cruzou e Willian perdeu a chance de marcar em uma cabeçada de frente para o gol, da pequena área. Na oportunidade seguinte, a tentativa veio pelo meio e rendeu o gol. Willian se redimiu e tirou do goleiro para fazer 1 a 0, aos 32 minutos de partida.

O domínio palmeirense aumentou no segundo tempo. As chances de gol vinham com mais naturalidade diante de um abatido Novorizontino. O técnico Eduardo Baptista até tirou o volante Felipe Melo, que está pendurado com dois cartões amarelos e colocou Thiago Santos em campo. E a equipe mostrou mais uma vez que os reservas têm qualidade para entrar e definir as partidas.

No segundo gol, o volante Thiago Santos roubou a bola, Michel Bastos recebeu e serviu Guerra. O venezuelano apenas rolou para Borja chutar de esquerda e ampliar, aos 23 minutos da etapa final. Dudu ainda fez o terceiro. A goleada não se concretizou pela grande quantidade de gols perdidos. Mas isso pouco importa. O torcedor foi embora do Pacaembu satisfeito pela qualidade da atuação do Palmeiras e confiante para os desafios.

Opinião JP

Para o comentarista da Jovem Pan, Mauro Beting, o resultado conquistado pelo Palmeiras diante do Novorizontino foi merecido, principalmente pelo que o time alviverde apresentou na segunda etapa. “O 3 a 0 mostrou bem como o Palmeiras é superior ao Novorizontino e até aos seus rivais. Não que o Palmeiras vá vencer seus rivais por 3 a 0, nem que o Palmeiras será campeão paulista este ano, mas o Palmeiras é mais time que São Paulo, Santos e Corinthians”.

Ouça os gols da partida entre Palmeiras e Novorizontino: