Para Klinsmann, Portugal não se abateu com goleada: “os torna mais perigosos”

  • Por Agência EFE
  • 21/06/2014 22h11

Treinador dos EUAKlinsmann promete jogo duro

Há quem possa pensar que depois de ter sido goleada pela Alemanha por 4 a 0 na estreia na Copa do Mundo, na última segunda-feira, Portugal se tornou presa fácil para os adversários, mas não é o que pensa o técnico dos Estados Unidos, próximos adversários de Cristiano Ronaldo e companhia, Jürgen Klinsmann.

“Este resultado os torna mais perigosos. Nossos jogadores terão que trabalhar mais do que nunca para conseguir vencê-los”, considerou Klinsman em entrevista coletiva concedida neste sábado na Arena Amazônia, em Manaus, palco do duelo entre americanos e portugueses neste domingo, pelo grupo G.

O surpreendente empate entre Alemanha e Gana em 2 a 2 neste sábado abriu a possibilidade de os EUA se classificarem antecipadamente caso batam a seleção portuguesa. “Este 2 a 2 confirma que estamos em um grupo muito difícil e põe nosso resultado frente a Gana em perspectiva: é um excelente resultado, que amanhã nos deixa com uma ótima oportunidade”, enalteceu o técnico.