Paralimpíada do Rio chega ao fim com cerimônia no Maracanã

  • Por Agência Brasil
  • 18/09/2016 21h43
RJ - PARALÍMPIADAS / ENCERRAMENTO / RIO 2016 - CIDADES - Cerimônia de encerramento dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, no estádio do Maracanã, nesta noite (18). 18/09/2016 - Foto: ALEXANDRE BRUM/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDOCerimônia de encerramento dos Jogos Paralímpicos Rio 2016

Os diretores da cerimônia de encerramento dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 mudaram o perfil da festa em comparação à cerimônia de abertura. O Maracanã recebeu uma festa mais musical e menos cênica neste domingo. O número de músicos participantes foi extenso: Vanessa da Mata, Gaby Amarantos, Andreas Kisser, Nação Zumbi, Ivete Sangalo, Armandinho, entre outros.

Nas cerimônias anteriores dos Jogos Rio 2016 o centro do campo era ocupado por uma superfície branca, onde eram projetadas várias imagens que compunham o espetáculo cênico. Desta vez, o campo está todo ocupado por cadeiras para os atletas das delegações e espaços para que os cadeirantes possam assistir à cerimônia, concentrada em um enorme palco, no canto do campo.

A festa teve início com um número de percussão com músicos com deficiência auditiva. Na sequência, a cerimônia – com ares de festival de música – recebeu o guitarrista Andreas Kisser, Armandinho e Johnatha Bastos. Os três fizeram uma série de performances misturando heavy metal e frevo, com Johnatha se destacando ao tocar sua guitarra com os pés, uma vez que nasceu sem os braços.

Números musicais estiveram presentes ao longo da festa. No entanto, a música cedeu espaço aos discursos de Philip Craven, presidente do Comitê Internacional Paralímpico e de Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Rio 2016.

Houve também pausas para homenagens, como os atletas que receberam o prêmio Whang Youn Dai, dado àqueles que melhor representam o espírito paralímpico. Além disso, foi prestado uma homenagem ao ciclista iraniano Bahman Golbarnezhad, que morreu durante a disputa da prova de ciclismo de estrada, neste sábado.

O encerramento da festa ficou a cargo de alguns dos mais populares artistas do país: Ivete Sangalo, Nego do Borel e Gaby Amarantos cantaram uma série de sucessos, como Esperando na Janela e Só Love.