Parceiro de Varejão, LeBron se irrita com saída do brasileiro: “um irmão”

  • Por Jovem Pan
  • 19/02/2016 10h16
Grandes amigos

Grande nome do Cleveland Cavaliers, LeBron James não ficou nada satisfeito com a saída de Anderson Varejão, que deixou a equipe após 12 anos. De acordo com o site Cleveland.com, o astro americano se irritou com a atitude dos Cavs que negociaram o brasileiro nas últimas horas da janela de transferências da NBA.

Segundo informações do site, LeBron disse a uma pessoa próxima que não foi consultado sobre a saída de Anderson, fato que o irritou, já que Anderson é seu grande amigo.

“Você perde um irmão, você perde um companheiro. Essa é a pior parte disso, a pior parte dos negócios”, disse LeBron após vitória de sua equipe sobre os Bulls na noite da última quinta-feira (18). O craque ainda destacou não ter conversado com Varejão após a negociação.

“Aposto que ele tem toneladas de pessoas chegando nele agora. Eu vou deixar ele ter o tempo dele, não gosto de falar imediatamente. Gostaria de deixar esfriar um pouco. Nossa amizade não tem de ter uma mensagem de texto por trás disso”, afirmou James.

LeBron James e Anderson Varejão são grandes amigos. Os colegas jogaram juntos entre 2004 e 2010, quando o brasileiro chegou aos Cavs, antes do americano se transferir para o Miami Heat. No retorno de LeBron aos Cavs, em 2014, a parceria entre os amigos foi retomada.

Entenda o caso do pivô brasileiro:

Após 12 anos em Cleveland, Anderson Varejão negociado com o Portland Trail Blazers. Horas depois da negociação, porém, o brasileiro foi dispensado pela franquia de Oregon. O atleta agora está na lista de “waivers” da NBA, ou seja, quem contratá-lo nas próximas 48 horas terá que arcar com seu contrato de US$ 25 milhões de salário até a temporada 2017/2018.

Dispensar jogadores recém-adquiridos é uma estratégia usada na liga norte-americana de basquete para abrir espaço no teto salarial dos times.

Atleta do Cavaliers desde 2004, Varejão foi incluído no último dia de transferências da NBA em um acordo envolvendo três equipes. O pivô foi enviado ao Blazers junto de uma escolha de primeira rodada para o Draft de 2018 pelo time de Cleveland, que, por sua vez, recebeu o ala/pivô Channing Frye do Orlando Magic. A franquia da Flórida ficou com o armador Jared Cunningham e uma escolha de segunda rodada de Draft.