Pato brilha, São Paulo bate Danubio e vence a primeira na Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 25/02/2015 23h56

Alexandre Pato tem 12 gols na temporada 2015

Alexandre Pato comemora gol contra o Danubio

Fazendo seu primeiro jogo em casa na Copa Libertadores 2015, o São Paulo recebeu o Danubio, do Uruguai, na noite desta quarta-feira (25), e com uma atuação muito consistente, o Tricolor não tomou grandes sustos. A excelente apresentação de Alexandre Pato ajudou o time comandado por Muricy Ramalho a derrotar o rival pelo placar de 4 a 0 para conquistar sua primeira vitória no torneio continental.

Os dois gols do São Paulo no primeiro tempo foram marcados por Alexandre Pato, ambos após cruzamentos. No segundo tempo, Reinaldo e Jonathan Cafu foram os autores do terceiro e quarto gols e selaram a vitória são-paulina no Morumbi.

O São Paulo começou a partida muito bem e, logo aos três minutos, abriu o placar. Reinaldo fez bela jogada pela esquerda, passou pelo defensor e fez cruzamento na medida para Alexandre Pato pegar de primeira, mandar uma pancada e fazer 1 a 0 no Morumbi.

Após o gol, o duelo ficou mais disputado e brigado, mas as chances de gol não foram criadas com constância. O Tricolor chegou a assustar aos 30, quando Ganso deu lançamento para Pato, que tocou tentando encobrir o goleiro Torgnascioli, mas desperdiçou a chance. Sete minutos depois, os donos da casa chegaram novamente, o arqueiro da equipe uruguaia saiu do gol, mas o São Paulo não soube aproveitar a investida.

O time da casa soube aproveitar mais uma oportunidade aos 40 minutos, quando Souza acionou Bruno com passe longo pela direita, o lateral chegou e fez um cruzamento preciso para Alexandre Pato, que cabeceou firme e fez o seu segundo no jogo. Segundo gol do São Paulo.

Antes de o árbitro encerrar a etapa inicial, aos 46 minutos, Michel Bastos arriscou arremate de fora da área, mas mandou a bola para fora.

No segundo tempo, o São Paulo continuou administrando bem o jogo e a primeira grande chance de gol do período complementar foi criada aos 14, quando o Danubio cobrou falta firme, mas Rogério Ceni espalmou para escanteio.

Com 17 minutos, Luis Fabiano ganhou da zaga e bateu cruzado, mas mandou a finalização para fora. Um minuto mais tarde, foi a vez de Ignacio González receber cruzamento e cabecear, mas o tiro não levou muito perigo ao gol defendido por Ceni, representando apenas um pequeno susto.

O Danubio voltou a criar chance em chute de Bruno Fornaroli, que recebeu passe após erro do São Paulo e mandou para a meta defendida por Ceni, mas a bola foi para fora.

As oportunidades da equipe uruguaia não foram aproveitadas e, aos 25 minutos, o São Paulo ‘matou’ o jogo. Em jogada de bela troca de passes, Michel Bastos encontrou Reinaldo na esquerda e o camisa 16 mandou uma pancada, contou com um desvio para enganar o goleiro Torgnascioli e fez 3 a 0. Logo depois do terceiro gol são-paulino, o Danubio teve Hamilton Pereira expulsou e viu sua vida ficar ainda mais complicada.

Luis Fabiano teve algumas chances de deixar o seu, mas foi impedido pela defesa do Danubio.

Ainda houve tempo para o jovem Jonathan Cafu, que entrou aos 41 minutos, no lugar de um aplaudido Michel Bastos, marcar o quarto, quando Hudson bateu de longe, Cafu pegou no meio do caminho, girou e, de dentro da área, bater de canhota para fechar o jogo.

Com o resultado, o São Paulo faz os seus primeiros três pontos no Grupo 2 e se reabilita da derrota para o Corinthians na estreia. Já o Danubio perde a segunda na fase de grupos e fica na lanterna da chave, ainda sem pontos somados.

O próximo compromisso do São Paulo pelo torneio continental será no dia 18 de março, às 22h (de Brasília), quando o Tricolor recebe o San Lorenzo, novamente no Morumbi. Já o Danubio volta a entrar em campo no próximo dia 17, às 19h30, quando recebe o Corinthians, no estádio Jardines del Hipódromo.