Paulinho agradece “puxão de orelha” de Dorival e se diz adaptado ao Santos

  • Por Agência Estado
  • 01/04/2016 21h38

Contratado para brigar por uma posição no time titular do Santos, Paulinho vinha decepcionando. Perdeu espaço e não havia feito gols até esta quinta-feira. Diante da Ferroviária, recebeu mais uma chance no time titular, aproveitando que Ricardo Oliveira estava poupado, e foi duas vezes às redes. 

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, ele disse que está bem adaptado ao clube e agradeceu ao técnico Dorival Júnior pela bronca no intervalo. Se no primeiro tempo o atacante havia sido vaiado pela torcida, na etapa final marcou dois gols e ajudou ativamente na goleada por 4 a 1.

“Acho que já estou bem adaptado. Agora falta um pouco de ritmo mesmo. Ontem (quinta), pelo primeiro tempo, não fui bem. Tenho consciência disso. Nesse puxão de orelha que o Dorival deu em mim e no Joel ele foi bem feliz. Mostrou os pontos em que a gente precisava se movimentar bastante. Eu e o Joel acordamos para o segundo tempo e fizemos algumas jogadas ali que resultaram em gols”, lembrou.

Paulinho promete continuar na disputa por posição. “Vou sempre lutar pelo meu espaço, pelo melhor para o Santos. Vou me dedicar ao máximo. Você jamais vai me ver parado em campo, olhando meus companheiros jogarem. Fiz um bom segundo tempo, fui iluminado e ganhei autoestima de novo.”