Paulo Machado de Carvalho conta sobre a convocação de Pelé em 58

  • Por Jovem Pan
  • 29/01/2014 19h45
ReproduçãoGol mil de Pelé

Exemplar, assim define Paulo Machado de Carvalho a conduta de Pelé, tanto que o chefe da delegação brasileira em 1958 sofreu muita pressão para não levar um menino de 17 anos para a Suécia, mas mesmo assim decidiu pela convocação. No final, a aposta acabou valendo a pena, com o melhor de todos os tempos brilhando em um torneio internacional pela primeira vez.