Paulo Machado de Carvalho conta sobre a sua relação com Garrincha

  • Por Jovem Pan
  • 29/01/2014 19h37
Garrincha jogando

Amor e ódio, assim podemos definir a relação de Paulo Machado de Carvalho com Garrincha. Exigente na parte disciplinar, o chefe da delegação brasileira em 58 e 62 sofria nas mãos de Mané, mas soube reconhecer o talento do ponta em campo, admitindo que foi fundamental para os dois títulos mundial conquistados na Suécia e no Chile.