Pelicans vencem Spurs e eliminam Thunder dos playoffs; Nets avançam no Leste

  • Por Agencia EFE
  • 16/04/2015 04h32
o New Orleans Pelicans bateu o San Antonio Spurs nesta quarta-feira

Precisando de uma vitória para garantir a última vaga da Conferência Oeste nos playoffs, o New Orleans Pelicans bateu o San Antonio Spurs nesta quarta-feira (data local) por 108 a 103 em um jogo repleto de emoções no Smoothie King Center, eliminando assim o Oklahoma City Thunder da sequência da temporada 2014-2015 da NBA.

Anthony Davis foi mais uma vez o herói dos Pelicans, terminando o duelo decisivo como o cestinha ao anotar 31 pontos e 13 rebotes, em novo double double. Pelo lado dos Spurs, Tony Parker foi principal destaque, com 23 pontos e seis assistências.

Os Pelicans agora enfrentam nos playoffs o Golden State Warriors, melhor time da temporada regular da NBA, que venceu o Denver Nuggets por 133 a 126 na noite desta quarta-feira. O primeiro jogo da série será realizado em Nova Orleans no próximo sábado.

Já a equipe de San Antonio, que entrou em quadra com a chance de ficar com a segunda melhor campanha, caiu para a sexta posição do Oeste com a derrota e disputará uma vaga nas semifinais de conferência contra o Los Angeles Clippers a partir de domingo.

O Thunder acabou encerrando uma sequência de seis temporadas consecutivas nos playoffs mesmo após a vitória sobre o Minnesota Timberwolves por 138 a 113, em nova partida de gala do armador Russell Westbrook, com 38 pontos, oito rebotes e oito assistências.

A equipe de Oklahoma igualou o desempenho dos Pelicans – 45 vitórias e 38 derrotas – com o resultado, mas foi eliminada por causa dos confrontos diretos, o segundo critério de desempate adotado pela NBA. Nos quatro jogos entre os rivais, a franquia de Nova Orleans venceu três, contra apenas um triunfo do Thunder.

Westbrook, que não atuará na pós-temporada pela primeira vez desde sua primeira temporada na liga (2008-2009), levou ao menos um prêmio de consolação para casa.

Após a atuação de hoje, o armador se tornou pela primeira vez na carreira o maior cestinha da temporada, com média de 28,1 pontos por jogo, superando James Harden, do Houston Rockets, segundo colocado com 27,4 pontos por partida.

A disputa pela última vaga da Conferência Leste também foi acirrada. E quem levou a melhor foi o Brooklyn Nets, que venceu o Orlando Magic por 101 a 88, e contou com a derrota Indiana Pacers, adversário direto na briga pela pós-temporada, para o Memphis Grizzlies por 95 a 83.

Depois de uma sequência de seis vitórias consecutivas, os Pacers dependiam só de uma vitória para avançar à pós-temporada. O ala Paul George, que voltou na reta final após uma séria lesão, até tentou conduziu o time ao triunfo, mas sentiu um problema muscular, ficando apenas 15 minutos em quadra.

Mesmo se George atuasse em seu mais alto nível seria difícil superar o desempenho de Marc Gasol. O pivô espanhol mais uma vez liderou os Grizzlies ao anotar 33 pontos e 13 rebotes.

Os Nets pegam na primeira rodada dos playoffs o Atlanta Hawks, líder Oeste. Já os Grizzlies, na quinta posição do Oeste, enfrentam o quarto colocado Portland Trail Blazzers.