Perdidos no DM! Relembre lesionados que acabaram “esquecidos” nos clubes

  • Por Jovem Pan
  • 16/09/2015 13h44
Jogadores como Kardec

A lesão é o momento mais triste da carreira de um jogador de futebol. Ficar afastado das partidas em recuperação após cirurgia ou por uma grave problema que exige maior cuidado na reabilitação é o período mais complicado de qualquer atleta.

Algumas lesões exigem maior tempo para total recuperação, prazo que muitas vezes parece não ter fim. Quatro, cinco, seis meses em tratamento fazem com que muitas vezes a torcida e a mídia “esqueça” que determinado jogador está em seu clube e, em alguns momentos, prestes a voltar a atuar. É o caso do atacante Alan Kardec, que se lesionou no início de abril, foi obrigado a passar por cirurgia no joelho e agora, cinco meses depois, se aproxima do retorno ao São Paulo.

Os problemas físicos são os grandes vilões na carreira dos jogadores que muitas vezes sofrem as lesões e são “esquecidos” enquanto se recuperam. O Jovem Pan Online relembra, então, cinco jogadores que vêm sofrendo com lesões e muitas vezes não lembramos. Confira:

Ribery: problema nas costas, problema muscular e lesão no tornozelo. Frank Ribery tem convivido com inúmeros problemas físicos, o mais grave, no tornozelo, que o afastou do final da temporada passada e o impede de iniciar a temporada 2015/16. Ribery poderia ser “o cara” do time de Guardiola, mas as lesões o deixam “esquecido” no clube bávaro.

Alison: volante de muita força física, Alison era titular absoluto do Santos até sofrer séria lesão no ligamento do joelho direito que o obrigou a passar por cirurgia. Hoje, enquanto se recupera, Alison vê os volantes do peixe em destaque, e poucas pessoas se recordam que o marcador está prestes a retornar ao clube.

Valencia: as lesões viraram rotina na carreira o colombiano Valencia que, ficou fora dos gramados muitas vezes enquanto jogava pelo Fluminense, e agora, no Santos, voltou ao departamento médico. O volante se lesionou durante a Copa América, em junho, e dificilmente voltará ao Peixe em 2015.

Cleiton Xavier: grande reforço palmeirense na temporada, Cleiton Xavier pouco tem jogado no Verdão por conta de algumas lesões. O tempo fora dos gramados faz com que, no momento de montar “o Palmeiras ideal”, o meia fique de fora das listas dos analistas.

Gabriel: quando o jogador se lesiona em determinado período da temporada em que as previsões dizem que o retorno será apenas no ano seguinte, provavelmente ele ficará “esquecido” no departamento médico de seu clube. É o caso do volante Gabriel, em recuperação após cirurgia no joelho, afastado dos campos até o fim de 2015.