“As pessoas correm de mim”, diz Bruno ao ser apresentado como reforço do Boa

  • Por Estadão Conteúdo
  • 14/03/2017 10h30
MG - FUTEBOL/BOA/BRUNO - ESPORTES - O goleiro Bruno, contratado pela equipe do Boa Esporte, é apresentado nesta terça-feira, 14, na cidade de Varginha, no sul de Minas Gerais. Bruno estava preso desde 2010, acusado pelo assassinato de sua ex-amante, Eliza Samudio. Em 2013, ele foi condenado a 22 anos e 3 meses pelo sequestro, assassinato e ocultação de cadáver de Eliza, mas, como não teve seu recurso julgado desde então, conseguiu sua liberdade provisória no dia 24 de fevereiro, por decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Superior Tribunal Federal (STF). 14/03/2017 - Foto: NELSON ANTOINE/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDOBruno não respondeu a várias perguntas feitas pelos jornalistas durante a entrevista coletiva

O goleiro Bruno foi oficialmente apresentado na manhã desta terça-feira como novo reforço do Boa, em Varginha (MG). Condenado a mais de 20 anos de prisão pela morte da amante Eliza Samudio, ele deixou a cadeia há menos de um mês e agradeceu a oportunidade dada pelo clube mineiro. 

“Eu venho me preparando há alguns anos. As pessoas correm de mim pelo o que aconteceu no passado. O Boa está abrindo as portas. Estou muito feliz, motivado. Deus está abrindo as portas para a gente. Tenho certeza que é Deus”, disse o goleiro. 

Bruno também prometeu empenho e dedicação aos treinos neste seu retorno ao futebol profissional. “A primeira coisa a fazer é me preparar para jogar. Deus vai guiar meus passos. Enfim, tenho de acreditar em mim mesmo”, afirmou. 

O goleiro não respondeu a várias perguntas feitas pelos jornalistas durante a entrevista coletiva que concedeu ao lado do presidente do Boa, Rone Moraes. Ele não quis, por exemplo, responder se merecia uma nova chance. 

Segundo Bruno, a sua esposa foi a maior incentivadora para que ele não desistisse da carreira de atleta. “Pessoas, como minha esposa, não aceitavam de forma alguma que eu encerrasse a carreira. Ela foi quem mais me motivou”, disse. 

Desde o anúncio da contratação de Bruno, o Boa perdeu cinco patrocinadores. Nesta terça-feira, no entanto, ele concedeu entrevista com o uniforme que estavam as marcas dos antigos parceiros do clube. Depois da entrevista, Bruno foi para o CT do clube, onde fez exames médicos e treino físico.