Petros é punido por seis meses por agressão contra árbitro em clássico

  • Por Jovem Pan
  • 18/08/2014 18h51

Volante acertou Raphael Claus no primeiro tempo

Petros será denunciado por agressão ao árbitro e pode pegar 6 meses de gancho

O volante corintiano Petros foi punido pelo STJD pela suposta agressão contra o árbitro Raphael Claus no clássico contra o Santos. O jogador foi considerado culpado por 3 votos a 2.

Com isso, o jogador perde o restante da atual temporada, já que recebeu a pena mínima de 180 dias ao ser enquadrado como ato de agressão.

A defesa alvinegra tentou mudar o artigo da punição para ato hostil, o que faria a pena máxima se tornar de seis jogos, mas o pedido foi negado pelo tribunal.

A decisão foi apertada, com dois juízes pedindo para o jogador não ser enquandrado no ato de agressão e pedindo quatro e um jogo, repectivamente. Com isso a decisão ficou com Paulo Valed, presidente da mesa. 

“Não me pareceu involuntária a atitude do atleta. Para mim ficou claro. Ele desvia a atitude porque ficou aborrecido porque o árbitor tinha atrapalhado jogada anterior do colega. Não foi um simples empurrão. Foi uma agressão. Não foi com a gravidade que merecesse pena grande, mas não é culpa do julgador”, disse Valed.

O Santos também foi julgado em dois quesitos, a expulsão do volante Alisson e um copo arremessado na Vila Belmiro durante o clássico, mas foi absolvido em ambos os casos. 

Cabe agora ao Corinthians recorrer ao Pleno do STJD para diminuir a pena do jogador. Caso não consiga, a diretoria do clube estuda até emprestar o jogador para o exterior.