Petros tem pena reduzida para três jogos; Santos fica com multa de R$ 5 mil

  • Por Jovem Pan
  • 11/09/2014 16h03

Volante acertou Raphael Claus no primeiro tempo

Petros será denunciado por agressão ao árbitro e pode pegar 6 meses de gancho

Depois de pegar uma pena inicial de 180 dias por conta do lance no qual atingiu o árbitro Raphael Claus, no clássico contra o Santos, disputado no dia 10 de agosto, o meia Petros teve sua punição reduzida em julgamento no pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), realizado na tarde desta quinta-feira (11). O jogador será suspenso por apenas três partidas.

O presidente do pleno do STJD, Caio César Rocha, anunciou a decisão por maioria de votos. O jogador foi enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que pune “conduta contrária à etica e disciplina esportiva”.

No julgamento em primeira instância, a pena estipulada havia sido de 180 dias, pois a procuradoria pedia o enquadramento no artigo 254-A (agressão), mas os auditores desclassificaram desta vez essa denúncia. O artigo 254-A prevê pena mínima de seis meses, mas o 258 estipula pena de um a seis jogos. 

Petros está liberado para atuar nesta quinta-feira (11), contra o Atlético-MG, pois a punição começa a valer a partir do final de semana. Assim, o jogador vai desfalcar a equipe nos duelos contra o Flamengo, contra a Chapecoense e contra o São Paulo.

O Santos, que havia sido absolvido por objeto atirado pela torcida contra Cássio, no clássico, agora toma multa no valor de R$ 5 mil.