Pierce decide no último segundo e garante vitória dos Wizards sobre os Hawks

  • Por Agência EFE
  • 10/05/2015 11h16
Paul Pierce foi destaque na vitória dos Wizards

Uma vitória que parecia tranquila se transformou em muito sofrimento no Verizon Center, mas acabou com final feliz para os torcedores do Washington Wizards graças ao conhecido poder de decisão do veterano Paul Pierce, que garantiu o triunfo da equipe sobre o Atlanta Hawks neste sábado por 103 a 101.

Depois de terminar o terceiro período vencendo por 19 pontos de diferença, os donos da casa permitiram a recuperação do adversário, que empatou o jogo em 101 a 101 com uma cesta de três pontos de Mike Muscala faltando apenas 14.8 segundos para o fim.

A posse voltou para os Wizards. E Pierce não decepcionou. Apelidado de “A Verdade” pelos torcedores do Boston Celtics justamente por aparecer nos momentos decisivos, o veterano ala, de 37 anos, recebeu na cabeça do garrafão, esperou o tempo passar e, muito pressionado, arremessou no estouro do cronômetro.

A bola bateu caprichosamente na tabela antes de cair na cesta, para alívio do público que lotou o Verizon Center, incrédulo e tenso no último quarto da partida, vencido pelos Hawks por 35 a 18.

Além de Pierce, com 13 pontos, sete rebotes e uma assistência, o destaque dos Wizards na partida foi o jogo coletivo.

Outros três titulares terminaram o duelo com dígitos duplos, incluindo Nenê, que fez sua melhor atuação nos playoffs desta temporada ao contribuir com 17 pontos, sete rebotes, quatro assistências e um toco.

O brasileiro liderou o ataque dos donos da casa ao lado de Bradley Beal e Garrett Temple, também com 17 pontos cada. Marcin Gortat foi outro que teve boa participação ofensiva, com 14 pontos e oito rebotes.

Pelos Hawks, Jeff Teague e Dennis Schroder foram os cestinhas da partida, ambos com 18 pontos. Schroder, que veio do banco, foi um dos principais responsáveis pela recuperação espetacular da equipe de Atlanta, que por pouco não saiu com a vitória.

Com o resultado, os Wizards abriram 2 a 1 na semifinal da Conferência Leste. As duas equipes fazem o jogo 4 da série na próxima segunda-feira, também em Washington.

Quem avançar no duelo enfrenta o vencedor do confronto entre Chicago Bulls e Cleveland Cavaliers, série liderada por Derrick Rose e seus companheiros por 2 a 1.