Piloto Jules Bianchi, da Fórmula 1, morre após nove meses em coma

  • Por Jovem Pan
  • 17/07/2015 22h29 - Atualizado em 06/11/2017 11h38
Jules Bianchi sofreu acidente grave

O piloto Jules Bianchi, faleceu nesta sexta-feira (17). Em coma há nove meses, o jovem de 25 anos não resistiu às consequência de uma batida durante o Grande Prêmio do Japão, em outubro de 2014. A informação foi dada pela própria família do corredor da Fórmula 1.

“Jules lutou até o final, sempre o fez, mas hoje a luta chegou ao fim. A dor que sentimos é imensa e indescritível. Queremos agradecer a equipe do hospital de Nice que cuidou dele com amor e dedicação. Também queremos agradecer a equipe do Centro Médico de Mie, que cuidou dele logo depois do acidente, assim como os outros doutores que se envolveram nisso com carinho nos últimos meses”, disse a família em comunicado.

No dia 5 de outubro de 2014, durante o Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1, o francês, da equipe Marussia, bateu violentamente contra um trator que retirava o carro de Adrian Sutil da pista. O acidente causou uma lesão axonal difusa, em que o cérebro se move violentamente dentro crânio, e desde então ele ficou em coma.

“Além disso, queremos agradecer os colegas de Jules, amigos, fãs e todo mundo que  demonstrou seu afeto ao longo dos últimos meses, o que nos deu grande força e nos ajudou a lidar com tempos tão difíceis. Ouvir e ler tantas mensagens nos fizeram perceber como Jules tocava os corações e menter de tanta gente ao redor do mundo”, informou o comunicado.

O francês da Marussia era uma grande promessa do automobilismo, e tinha vínculo também com a Ferrari, equipe na qual esperava correr na sequência da carreira.