Platini admite avanços no combate à manipulação de resultados no futebol

  • Por Agencia EFE
  • 29/04/2014 16h17

Redação Central, 29 abr (EFE).- O presidente da Uefa, Michel Platini, admitiu que o futebol convive com o grave problema da manipulação de resultado de jogos, mas garantiu que o apoio de autoridades políticas e policiais começa a mudar este panorama.

“Não é uma fantasia, é uma realidade, uma realidade séria e grave. Desde minha eleição em 2007 não deixei de pedir ajuda na luta contra este perigo. Durante longo período, tive a impressão que estava chorando no deserto, mas hoje tenho finalmente a impressão de que me escutaram e inclusive que prestaram atenção”, disse.

Em discurso durante seminário sobre o tema, o ex-craque da seleção francesa voltou a pedir plena cooperação dos órgãos e entidades responsáveis pela aplicação de leis contra a manipulação de resultados. O promotor italiano Roberto Di Martino, que liderou investigação recente no país, admitiu dificuldades para acabar com a corrupção no futebol.

“Os desafios são vários. A manipulação de resultados é um fenômeno complexo, porque não tem um formado fixo”, admitiu. EFE