Polêmico e temperamental, Felipe Melo faz 32 anos; relembre grandes momentos

  • Por Jovem Pan
  • 25/06/2015 21h58

Colecionador de polêmicas e troféusFelipe Melo posa com troféu conquistado com o Galatasaray

Figura cercada de momentos polêmicos em sua carreira, Felipe Melo completa 32 anos de idade nesta sexta-feira (26) e, aproveitando a ocasião, o Jovem Pan Online relembra alguns dos momentos marcantes na carreira do meio-campista, para o bem e para o mal.

Não há como negar que, quando se fala em Felipe Melo, é impossível não se lembrar de sua participação na Copa do Mundo de 2010. Depois de defender o Brasil nas Eliminatórias para o Mundial, o jogador foi convocado pelo técnico Dunga para defender a Amarelinha e, depois de se destacar nos primeiros compromissos na África do Sul, acabou sendo expulso nas quartas de final, quando a Seleção Brasileira perdeu para a Holanda por 2 a 1 e foi eliminada. Melo foi apontado como um dos culpados pela eliminação.

Pouco antes da Copa de 2010, Felipe Melo também protagonizou um dos episódios memoráveis do jornalismo esportivo brasileiro quando, em conversa por telefone com Paulo Vinicius Coelho, na época comentarista da ESPN Brasil, discutiu com o jornalista. PVC questionou o volante sobre as más atuações na Juventus, na época, e Felipe Melo perguntou ao comentarista: “você é jornalista?”. E PVC respondeu: “e você, é jogador?”.

Já no Galatasaray, seu atual clube, Melo, conhecido pelo seu temperamento explosivo, discutiu de forma ríspida com o companheiro Sabri Sarıoğlu, durante a vitória do Galatasaray sobre o Bursaspor por 3 a 2, neste ano. Também no clube turco, em 2012, o volante foi para debaixo das traves, depois que o goleiro foi expulso e a equipe não tinha mais substituições, e acabou defendendo o pênalti. Na comemoração, ele imitou um pitbull, celebração que já é sua marca registrada na Turquia e lhe rendeu o apelido de ‘Pitbull’.

Nascido em Volta Redonda, no Rio de Janeiro (RJ), Felipe Melo iniciou sua carreira no Flamengo e, ainda no Brasil, teve passagens por Cruzeiro e Grêmio, antes de ir para a Espanha. No país, defendeu o Mallorca, o Racing Santander e o Almería. Posteriormente, foi para a Itália defender a Fiorentina e, mais tarde, acabou se transferindo para a Juventus, onde ficou em 2009 e 2010.

Atualmente, defende o Galatasaray, da Turquia, onde está desde 2011, sendo um dos ídolos da torcida do clube turco. Passou pela Seleção Brasileira em 2009 e 2010.

Reveja grandes momentos da carreira de Felipe Melo: