Polícia prende 10 por manipulação de resultados na segunda divisão da Itália

  • Por Agência EFE
  • 23/05/2016 09h36
Avellino - Facebook

A polícia de Napoli prendeu nesta segunda-feira dez pessoas do grupo mafioso “Vanella Grassi”, que, de acordo com as investigações, manipularam o resultados de duas partidas da segunda divisão do Campeonato Italiano.

Contra os dez detidos foram aplicados medidas cautelares por ter alterado os resultados dos duelos entre Modena e Avellino, no dia 17 de março de 2014, e Avellino e Reggina, no dia 25 de maio do mesmo ano, confirmaram as autoridades hoje.

Os investigadores interceptaram uma ligação entre membros do grupo mafioso, na qual eles falavam em “comer três almôndegas”, referindo-se aos três gols que seriam marcados na partida entre Avellino e Reggina, que terminou 3 a 0.

Há outros investigados, entre eles os jogadores Armando Izzo, do Genoa, recentemente convocado para a seleção da Itália pelo técnico Antonio Conte, e Francisco Millesi, do Avellino. Por enquanto, não foi pedida a aplicação de medidas cautelares contra eles.