Por tríplice coroa, Cruzeiro precisa de placar que Galo não sofre há um ano

  • Por Jovem Pan
  • 25/11/2014 10h36

Quinto colocado do Campeonato Brasileiro será agraciado com a vaga

CBF esclarece e vice da Copa do Brasil não herda vaga na próxima Liberadores

Embalado pelo tretacampeonato Brasileiro conquistado no último domingo (23), o Cruzeiro agora vai para cima do arquirrival Atlético-MG. Nesta quarta-feira (26), no Mineirão, o time celeste quer reverter a derrota de 2 a 0 no jogo da ida para ficar com o título da Copa do Brasil, conquista que daria a Triplice Coroa ao time do técnico Marcelo Oliveira. Para isso, a Raposa terá que bater o Galo por 3 a 0 (se quiser levar o caneco ainda no tempo regulamentar), placar que o time alvinegro não sofre há mais de um ano.

A última derrota por essa diferença sofrida pelo Atlético-MG foi no duelo diante do Flamengo, no dia 04 de agosto de 2013, válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano. Naquela partida, o rubro-negro carioca marcou com Paulinho, Nixon e Elias. O Galo, ainda treinado por Cuca, havia acabado de conquistar a Libertadores de 2013 batendo o Olímpia, do Paraguai.

Victor é uma das apostas de Levir Culpi para manter a vantagem e sair com o título da Copa do Brasil. O goleiro, um dos grandes destaques do clube na trajetória da conquista da América, segue em alto nível e já teve diversas passagens pela Seleção Brasileira enquanto vestia a camisa do Galo. 

Antes de encarar o Cruzeiro na grande decisão, a defesa do Galo havia tomado seis gols em quatro partidas diante de Corinthians e Flamengo. O ataque, porém, decidiu em favor dos alvinegros. O Cruzeiro, já campeão brasileiro, também conta com uma forte artilharia formada por Éverton Ribeiro, Ricardo Goulart e Marcelo Moreno: são 64 gols em 36 jogos no Brasileirão.

Ótimos números, candidatos a heróis e rivalidade não faltam para fazer da partida entre Cruzeiro e Atlético-MG a decisão mais importante da história do clássico mineiro, um dos maiores do futebol brasileiro. Resta saber se o Galo levantará o título pela primeira vez ou se assistirá o arquirrival chegar pela Triplice Coroa pela segunda vez em sua história (clube a conquistou em 2003).