Portuguesa consegue liminar e volta provisoriamente para a elite nacional

  • Por Jovem Pan
  • 10/01/2014 18h53
SÃO PAULO, SP, 14.12.2013: TORCEDORES DA PORTUGUESA - Torcedores do time da Portuguesa protestam, no MASP, contra o possível rebaixamento do time para a segunda divisão do campeonato Brasileiro..(Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)Torcedores da Lusa prostestam contra tapetão na Av. Paulista

A Portuguesa vai dormir na Série A do Campeonato Brasileiro. O advogado e torcedor da Portuguesa Daniel Neves conseguiu nesta sexta-feira (10) uma ação que dá novamente para a equipe rubro-verde os quatro pontos retirados por causa da escalação irregular do meia Héverton na última rodada do brasileirão. 

A sentença favorável, a primeira que favorece o clube paulista na Justiça Comum, foi dada na 42ª vara cível de São Paulo, a mesma que na manhã desta sexta (10) deu uma decisão favorável ao Flamengo para a retomada dos quatro pontos perdidos devido à escalação irregular do lateral André Santos. 

Com isso, o Fluminense volta a ser o clube rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro, com 46 pontos, enquanto Portuguesa e Flamengo ficam com 48 e 49 pontos, respectivamente. 

De acordo com o juiz Marcello do Amaral Perino, nos dois casos, a decisão da justiça desportiva desrespeitou o artigo 35, “caput”, e parágrafo 2º do Estatuto do Torcedor. A portuguesa defende que não foi informada publicamente da suspensão do jogador, já que o resultado do julgamento saiu apenas depois da rodada decisiva do Campeonato brasileiro. 

Apesar da decisão, a polêmica deve ter novos capítulos, já que cabe recurso contra a ação.