Presidente do COI cobra agilidade na conclusão de obras dos Jogos de 2016

  • Por Agencia EFE
  • 21/01/2014 16h07
Olimpiadas 101109

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, cobrou nesta terça-feira o governo brasileiro para que se concluam no prazo as obras dos Jogos de 2016, admitindo, no entanto, que confia no trabalho da presidente Dilma Rousseff.

“O tempo é chave e não temos nenhum tempo a perder, mas a confiança da presidenta me deixou confiante na organização dos jogos”, disse o dirigente esportivo, logo após se encontrar com a chefe de estado, em Brasília.

Bach, que foi eleito presidente do COI em setembro de 2013, que está acompanhando de perto o andamento das obras no Brasil.

“Estamos bastante confiantes com o grande progresso visto nos últimos meses”, garantiu.

Segundo a Agência Brasil, também participaram do encontro o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o governador do Rio, Sérgio Cabral, os presidentes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Artur Nuzman, e da Autoridade Pública Olímpica, Fernando Azevedo Silva, e o vice-presidente do Rio 2016, Bernard Rajzman.

A visita de Bach ao Brasil aconteceu simultaneamente a presença do secretário-geral da Fifa, Jérome Valcke, ao país, para inspecionar os estádios que ainda estão em obras para a Copa do Mundo de 2014.