Presidente do Santos anuncia contratação de atacante Bruno Henrique

  • Por Estadão Conteúdo
  • 23/01/2017 11h34

Bruno Henrique participou apenas de 8 jogos do Wolfsburg nesta temporada

Bruno Henrique participou apenas de 8 jogos do Wolfsburg nesta temporada

Depois de uma longa novela, que se arrastou por semanas, o Santos acertou a contratação do atacante Bruno Henrique, do Wolfsburg. O reforço não foi anunciado de forma oficial pelo clube paulista, mas confirmado pelo presidente Modesto Roma Júnior durante sua participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, na noite de domingo.

“Bruno Henrique vem para nosso time, fechou. Fechou era umas sete (horas) e pouco da noite. O Santos comprou e ele terá contrato de quatro anos”, disse o dirigente no programa.

O Santos pretendia contratar Bruno Henrique por empréstimo, mas acabou fechando a contratação por definitivo. Modesto não revelou os valores negociados, mas especula-se que o clube brasileiro vá pagar cerca de 4 milhões de euros (cerca de R$ 13,5 milhões), recompensando o Wolfsburg, que pagou pouco a mais ao Goiás um ano atrás.

Bruno Henrique foi revelado na tradicional Copa Itatiaia, torneio amador promovido pela rádio de Belo Horizonte. Lá chamou atenção do Cruzeiro, onde nunca jogou. Passou pelo Uberlândia e também pelo Itumbiara antes de se transferir para o Goiás em 2015.

Naquele ano, pelo time esmeraldino, seria uma das revelações do Campeonato Brasileiro. No começo de 2016, foi negociado com o Wolfsburg, onde pouco jogou. Em um ano, atuou em apenas três partidas como titular no Campeonato Alemão, 14 no total. Não marcou gols.

Bruno Henrique deve ser a última contratação do Santos para o Paulistão. Antes dele chegaram o zagueiro Cleber (ex-Hamburgo, também da Alemanha), o lateral-direito Matheus Ribeiro (do Atlético-GO), o volante Leandor Donizete (Atlético-MG), o meia colombiano Vladimir Hernández (Junior de Barranquilla) e o atacante Kayke (Yokohama Marinos, do Japão).