Prestes a estrear no Galo, ex-corintiano sonha com Seleção. E a culpa é de Tite

  • Por Jovem Pan
  • 21/07/2016 17h52

Fábio Santos vai estrear pelo Atlético-MG neste domingoFábio Santos vai estrear pelo Atlético-MG neste domingo

No Atlético-MG há pouco mais de um mês, o experiente Fábio Santos, de 30 anos, vai estrear na lateral-esquerda alvinegra neste domingo, às 11h (de Brasília), contra o PalmeirasEle não joga uma partida oficial desde 7 de maio, quando se despediu do Cruz Azul, do México. Mesmo assim, já traçou um objetivo no novo clube: atuar bem a ponto de ser convocado para a Seleção Brasileira. 

Em entrevista exclusiva a Bruno Prado que vai ao ar no próximo fim de semana, na Rádio Jovem Pan, Fábio Santos admitiu que acredita, sim, que ainda pode ser chamado ao selecionado nacional. Ele só foi convocado em duas oportunidades (todas em 2012, com Mano Menezes), mas alguns acontecimentos lhe fizeram nutrir a esperança por um futuro retorno.

O primeiro deles é a nomeação de Tite como técnico da Seleção Brasileira. O gaúcho de Caxias trabalhou com Fábio Santos no Corinthians entre 2010 e 2013 e no início de 2015. Com Tite, o lateral-esquerdo viveu a melhor fase da carreira, sendo campeão paulista, brasileiro, continental e mundial – tais conquistas lhe renderam as primeiras, e até agora únicas, convocações ao time verde e amarelo. 

Com a ascensão do ex-corintiano à Seleção, o lateral-esquerdo ganhou um motivo mais do que especial para voltar a jogar em alto nívelA galera pensa que eu sou mais velho, mas eu só tenho 30 anos e estou jogando em um grande clube, que é o Atlético-MG. Tenho de trabalhar pensando em uma possível convocaçãosim, até porque a comissão técnica que hoje está na Seleção me conhece, sabe meu modo de trabalhar“, afirmou Fábio Santos. 

A falta de um lateral-esquerdo que seja unanimidade na Seleção Brasileira também ajuda a alimentar as expectativas de Fábio Santos. Marcelo é incontestavelmente o mais talentoso da posição no Brasil, mas está longe de ser consenso junto aos torcedores – que ainda guardam na memória a péssima atuação dele no 7 a 1 da Alemanha.  

O titular do Real Madrid perdeu espaço com Dunga, mas deve recuperá-lo com Tite. Mesmo assim, a lateral-esquerda brasileira não tem tantas opções quanto o miolo de zaga, o meio e o ataque, por exemplo. “Eu não vejo jogadores absolutos na posição… Então, isso faz com que eu sonhe e trabalhe para quem sabe chegar à Seleção”, disse Fábio Santos. 

Somado a tudo isto, o experiente jogador ainda tem a garantia de que será titular do Atlético-MG por pelo menos um mês. O dono da posição, Douglas Santos, afinal, disputará os Jogos Olímpicos com a Seleção Brasileira e desfalcará o Galo pelo menos até setembro.  

Se o jovem for bem, pode ser negociado com o futebol europeu, deixando caminho aberto para Fábio Santos tomar conta da lateral-esquerda alvinegra. É por essas e outras que ele não deixa de sonhar com um retorno à Seleção Brasileira.