Próximo jogo de Neymar será contra a Argentina nas eliminatórias para a Copa

  • Por Agencia EFE
  • 27/06/2015 22h05
Brazilian soccer team player Neymar walks on the field during a training session in Santiago, Chile June 20, 2015. Brazil will face Venezuela in their Copa America 2015 soccer match on Sunday. REUTERS/Ricardo MoraesNeymar

A eliminação do Brasil neste sábado nas quartas de final da Copa América obrigará Neymar a cumprir as últimas duas das quatro partidas de suspensão que lhe impôs a Conmebol nas eliminatórias sul-americanas para a Copa da Rússia 2018, o que torna previsível que sua volta seja no terceiro jogo contra a Argentina.

Pela programação já antecipada pela Conmebol, Argentina e Brasil jogarão pela primeira vez na sexta-feira, dia 13 de novembro, e esse dia é possível que Neymar e Lionel Messi se enfrentem.

Após a expulsão do atacante do Barcelona no dia 17 de junho na partida que a seleção perdeu para a Colômbia por 1 a 0, a sanção contra Neymar valeu para a última partida do Brasil na fase de grupos, na vitória por 2 a 1 sobre a Venezuela, e o da eliminação hoje nas quartas contra o Paraguai nos pênaltis por 4 a 3, depois de empatar em 1 a 1 no tempo regulamentar.

Assim, a punição será completada depois da segunda das 18 partidas das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) já estabeleceu que o clássico entre Argentina e Brasil acontece na terceira rodada, com jogo de volta na 11ª.

No dia 25 de julho a Conmebol vai definir os outros acasalamentos das eliminatórias para seus dez países-membros que transcorrerão pelo sistema de todos contra todos, com jogo de ida e volta.

Serão quatro partidas em 2015, seis em 2016 e oito em 2017.