Quartas de final têm grave lesão de Neymar e confirmação dos favoritos

  • Por Bruno Bataglin/Jovem Pan
  • 05/07/2014 21h43
David Luiz e Thiago Silva se abraçam após segundo gol brasileiro EFE David Luiz e Thiago Silva se abraçam após segundo gol brasileiro

As quartas de final da Copa do Mundo foram concluídas neste sábado (5), com as vitórias da Argentina sobre a Bélgica por 1 a 0 e da Holanda sobre a Costa Rica, esta última somente nos pênaltis, depois de empate por 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação. Antes, na sexta-feira (4), a Seleção Brasileira havia superado a Colômbia pelo placar de 2 a 1 e a Alemanha derrotou a França por 1 a 0.

Com esses resultados, o Brasil vai medir forças com a Alemanha, na terça-feira (8), às 17h (de Brasília), no estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG), e, no dia seguinte, também às 17h, a Holanda tem pela frente a Argentina, na Arena Corinthians, em São Paulo (SP).

Apesar de tudo, o fato que mais repercutiu nas quartas de final foi triste, já que o atacante Neymar, grande estrela da Seleção Brasileira, acabou tomando uma joelhada nas costas durante o duelo contra a Colômbia, teve uma fratura na lombar detectada e não poderá mais defender o Brasil no restante do Mundial. O lateral Camilo Zúñiga foi o responsável pela grave contusão do camisa 10.

As quartas de final foram abertas com a partida entre França e Alemanha, disputada no Maracanã, e os germânicos venceram os Bleus por 1 a 0, em jogo marcado por uma grande atuação do goleiro Manuel Neuer, que fechou a meta.  O único gol do jogo foi marcado por Hummels, logo aos 12 minutos do primeiro tempo, e foi suficiente para garantir a classificação alemã.

Fechando a sexta-feira, a Seleção Brasileira entrou em campo para enfrentar a Colômbia, no estádio Castelão, e os comandados do técnico Luiz Felipe Scolari venceram o rival sul-americano pelo placar de 2 a 1. Os dois gols do Brasil foram marcados por zagueiros: Thiago Silva fez 1 a 0 aos seis minutos do primeiro tempo, após cobrança de escanteio, e David Luiz anotou o segundo e, bela cobrança de falta, aos 22 da etapa complementar. James Rodríguez descontou para a seleção colombiana aos 34 do segundo tempo, em cobrança de pênalti cometido por Julio César, mas os Cafeteros não conseguiram buscar o empate.

Como já citado, o lance que mais marcou o jogo foi a durante entrada de Zúñiga em Neymar, que acabou causando uma fratura na vértebra L3 do atacante brasileiro e tirou o atleta do Barcelona do Mundial.

A fase de quartas de final foi complementada neste sábado e, no primeiro compromisso do dia, a Argentina bateu a Bélgica, no estádio Mané Garrincha, pelo placar de 1 a 0. Higuaín foi o responsável pelo único gol da partida, aos 7 minutos do primeiro tempo.

Pouco depois do triunfo argentino, a Holanda entrou em campo, na Arena Fonte Nova, para tentar espantar a zebra chamada Costa Rica. E a tarefa não foi nada fácil. Em partida marcada por algumas claras chances de gol desperdiçadas, principalmente pelos holandeses, o empate sem gols persistiu no tempo regulamentar e até na prorrogação. Nestes 120 minutos, pode-se dizer que o destaque foi o goleiro costarriquenho Keylor Navas.

Assim, a decisão teve que ir para os pênaltis e, nas penalidades, o goleiro que foi herói chama-se Krul. Ele entrou no último minuto da prorrogação, no lugar do titular Cillessen, em modificação polêmica feita pelo técnico holandês Van Gaal. E Krul defendeu duas cobranças da Costa Rica, realizadas por Bryan Ruiz e Umaña, e garantiu o triunfo por 4 a 3 e a classificação da Laranja Mecânica.

Confira todos os resultados das quartas de final da Copa do Mundo de 2014:

4 de julho – 13h: França 0 x 1 Alemanha, no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
4 de julho – 17h: Brasil 2 x 1 Colômbia, no estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
5 de julho – 13h: Argentina 1 x 0 Bélgica, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
5 de julho – 17h: Holanda 0 x 0 Costa Rica (4 a 3 nos pênaltis), na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Veja a data dos confrontos das semifinais da Copa do Mundo:

8 de julho – 17h: Brasil x Alemanha, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
9 de julho – 17h: Holanda x Argentina, na Arena Corinthians, em São Paulo (SP)