Quinto dia de Copa teve primeiro empate, goleada da Alemanha e vitória dos EUA

  • Por Jovem Pan
  • 16/06/2014 22h39

Müller comemora primeiro gol do jogo

AFP Müller comemora primeiro gol do jogo

O quinto dia de Copa do Mundo não foi dos mais agitados, mas a segunda-feira teve o primeiro empate do Mundial e ele saiu na partida entre Irã e Nigéria, disputado na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), e essa igualdade foi sem gols.

O jogo, que fechou a primeira rodada do grupo F, foi o pior da Copa até o momento e não reservou grandes emoções, dando espaço inclusive para as vaias dos torcedores que compareceram ao estádio e, com certeza, não gostaram muito do que viram. Vale lembrar que o primeiro jogo da chave F foi disputado no domingo (15), quando a Argentina derrotou a Bósnia-Herzegovina por 2 a 1, no Maracanã.

Mas empate de Irã e Nigéria à parte, a segunda-feira de Copa do Mundo começou com o duelo entre Alemanha e Portugal, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), jogo que prometia ser um dos melhores desta primeira rodada. E se o jogo do grupo G não foi extremamente empolgante, ao menos teve muitos gols: mais precisamente foram quatro, e todos dos germânicos.

O grande destaque do embate foi o atacante Thomas Müller, que foi o responsável por três gols da Alemanha. O outro gol foi de Hummels. Um dos destaques da partida foi também a expulsão do zagueiro português Pepe, que após fazer falta em Müller, acabou perdendo o controle, deu uma ‘dura’ no adversário, inclusive encostando cabeça com cabeça com o atacante, e tomou vermelho direto.

Na hora da expulsão de Pepe, que foi aos 36 minutos do primeiro tempo, a Alemanha já vencia por 2 a 0, depois que Müller abriu o placar em cobrança de pênalti e Hummels ampliou com um forte arremate de cabeça após escanteio. E com um jogador a mais em campo, os alemães viram a tarefa ficar mais fácil e, na etapa complementar, marcaram mais dois para saírem de campo com os três pontos e uma goleada na estreia. O último gol alemão, aliás, saiu após falha do goleiro Rui Patrício, que empalmou cruzamento nos pés do camisa 13 e ele anotou o seu terceiro no duelo.

O quinto dia de Copa do Mundo foi complementado com a partida entre Gana e Estados Unidos, também do Grupo G, que foi realizada na Arena das Dunas, em Natal (RN). A partida não foi das melhores, pelo menos em nível técnico, mas mal o árbitro apitou o início de jogo e os americanos tiraram o zero do marcador. Logo aos 28 segundos de partida, Clint Dempsey, capitão dos Estados Unidos, invadiu a área e bateu para o gol. A bola ainda pegou no pé da trave antes de entrar na meta defendida pelo goleiro Kwarasey.

Com a vantagem mínima no placar, os americanos se concentraram mais na defesa e passaram a maior parte do tempo se defendendo. A vida dos comandados de Jürgen Klinsmann se complicou um pouco no meio do primeiro tempo, quando o atacante Altidore sentiu uma lesão na coxa e teve que ser substituído.

Apesar da lesão, os Estados Unidos conseguiram controlar a partida na maior parte do tempo e mantinham a folga de um gol até os 37 minutos do segundo tempo, quando André Aywe fez o gol de empate. Os americanos estavam bastante cansados e até davam a impressão que não conseguiriam chegar ao segundo gol. Mas em jogada de bola parada ele veio.

Quando parecia que o resultado final seria mesmo o empate, o zagueiro Brooks cabeceou firme para o gol após cobrança de escanteio e colocou os Estados Unidos em vantagem aos 42 da etapa final. Mal deu tempo de os ganeses comemorarem e os americanos já estavam novamente na liderança. E assim terminou o último jogo da segunda-feira: 2 a 1 para os EUA.