Racing reage, marca no fim e empata com Montevideo Wanderers no Uruguai

  • Por Agencia EFE
  • 08/05/2015 07h27
Brian Fernández comemroa gol de empate do Racing com o Wanderers

Graças a gol nos minutos finais, o Racing arrancou empate nesta quinta-feira com o Montevideo Wanderers, fora de casa, em 1 a 1, jogou um balde de água fria no rival e conquistou ligeira vantagem na luta por uma vaga nas quartas de final da Taça Libertadores.

No estádio Parque Central, de propriedade do Nacional, a equipe alvinegra saiu na frente graças ao gol marcado pelo jovem meia Matías Santos, aos 9 minutos do segundo tempo. O atacante Brian Fernández, de cabeça, decretou a igualdade aos 41.

Responsável por evitar o revés do atual campeão argentino, o jogador de 21 anos – mesma idade do autor do gol do time adversário -, havia entrado em campo aos 22 minutos da etapa complementar, substituindo o maior ídolo do Racing na atualidade, o atacante Diego Milito.

Em sua sétima participação na Libertadores, Montevideo Wanderers sonhava com dia histórico, já que nunca venceu jogo eliminatório na Libertadores. Antes da partida de hoje, a equipe participou das oitavas de final da edição do ano de 2002, quando encarou o Peñarol duas vezes, empatou ambas em 2 a 2, e acabou eliminada nos pênaltis.

Na próxima quinta-feira, a equipe uruguaia precisará vencer em Avellaneda, ou conseguir empate em mais de dois gols para avançar ainda no tempo normal. Caso haja repetição do placar da partida de hoje, haverá disputa de pênaltis.

Ao Racing, baterá manter o resultado inicial do confronto que a vaga será garantida, e claro, uma vitória selará a classificação para as quartas de final. O classificado deste duelo pegará quem avançar de Corinthians e Guaraní, do Paraguai, que abriram série ontem, em Assunção, com os donos da casa vencendo por 2 a 0.