Racismo? Torcida do Feyenoord joga banana em Gervinho, mas há um porém

  • Por Jovem Pan
  • 26/02/2015 19h07
Banana inflável é usada pelos torcedores do Feeynoord durante as partidas. Contra a Roma

Depois das confusões causadas por torcedores holandes na capital italiana no jogo de ida da disputa entre Roma eFeyenoord, pela Liga Europa, a segunda partida também tem polêmicas. Desta vez, relacionadas a racismo: torcedores do time de Roterdã jogaram uma banana inflável no atacante marfinense Gervinho e o jogo teve de ser interrompido.

Seria, indiscutivelmente, mais um lamentável caso de pessoas incitando o racismo ao jogar bananas na direção de um jogador negro, como já aconteceu outras vezes. Mas a grande questão é que, como lembraram posts no Twitter, o objeto é comumente usado por torcedores do Feyenoord durante as partidas.

O jogo estava empatado em 0 a 0 quando aconteceu o caso – na ida, houve empate em 1 a 1. Por conta dos objetos no gramado, o árbitro decidiu interromper a partida por vários minutos. Quando a bola voltou a rolar, Ljajic abriu o placar para os visitantes e Manu (que é negro) empatou para o time da casa. Pouco depois, o próprio Gervinho, provável vítima do ato (se tiver sido mesmo racista), recolocou a Roma na liderança do placar.

A discussão agora é se houve mesmo racismo ou “apenas” o lançamento de um objeto no gramado. O caso deverá ser investigado pela UEFA e, caso seja interpretado como ato racista, o Feyenoord poderá ser punido.