Radwanska volta a ser a número 2 do tênis após quatro anos

  • Por EFE
  • 21/03/2016 10h15

A polonesa Agnieszka Radwanska venceu mais uma e avançou para a semifinal em Wimbledon

Agnieszka Radwanska durante disputa em Wimbledon

Como Serena Williams continua disparada na liderança do ranking mundial do tênis, a briga mais interessante é mesmo pelo segundo lugar. E este posto tem uma nova ocupante a partir desta segunda-feira, quando a Associação das Tenistas Profissionais (WTA) atualizou a lista com a polonesa Agnieszka Radwanska como número 2. (veja o ranking completo aqui)

Radwanska, de 27 anos, já havia sigo segunda colocada do ranking durante dois períodos, num total de seis semanas, em meados de 2012. Dois anos depois ela chegou a alcançar o terceiro lugar, que depois só voltou a atingir no mês passado. 

Derrotada na semifinal de Indian Wells por Serena Williams, Radwanska agora tem 5.775 pontos, contra 5.700 da alemã Angelique Kerber, que caiu logo na estreia no torneio californiano. Vice-campeã, a norte-americana ampliou sua folga na ponta, subindo de 9.245 para 9.505 pontos, uma vez que vinha de eliminação na semifinal.

Campeã em Indian Wells, a bielo-russa Victoria Azarenka foi quem teve a subida mais importante na atualização do ranking da WTA, ganhando oito posições e entrando mais uma vez no top-10, em oitavo lugar. Outra semifinalista, a checa Petro Kvitova também subiu, aparecendo agora em sétimo.

Ex-número 1 do mundo, Azarenka não aparecia tão bem posicionada no ranking desde 15 de junho de 2014. Ela chegou a cair para o 50º lugar no ano passado e se recuperou no início desta temporada, mantendo-se nas proximidade do 15º lugar até o título em Indian Wells.

Única brasileira no Top 100, Teliana Pereira segue estacionada no meio desse grupo, em 50.º lugar, ainda sem ganhar nenhum jogo na temporada. Paula Gonçalves caiu 12 posições na semana e agora é 239.ª colocada, enquanto Bia Haddad Maia aparece no 264º lugar.