Rafael dos Anjos vence e mantém cinturão do UFC; Cigano acaba nocauteado

  • Por Jovem Pan
  • 20/12/2015 08h29
Em sua primeira defesa de cinturão dos leves no UFC

Implacável! Assim podemos definir a atuação de Rafael dos Anjos no combate contra o americano Donald Cerrone. Em luta que colocou o cinturão dos pesos-leves do UFC, o brasileiro confirmou o ótimo momento, nocauteou o “caubói” ainda no primeiro round e manteve o título no UFC em Orlando.

A luta, que começou com os atletas se estudando e com Dos Anjos buscando as primeiras ações, terminou logo com 1m6s do primeiro round. Após atingir o americano com um chute na linha da cintura, o brasileiro atingiu uma grande sequência de socos em Cerrone que acabou caindo. Em cima do rival, Rafael golpeou o americano que se defendeu como pôde, mas acabou nocauteado.

“Estou muito feliz, acabei de provar que vim para essa divisão para ficar. Todas as acusações que recebi… estou aqui com o cinturão e é apenas o começo da minha carreira. Donald Cerrone é um grande adversário, ele venceu oito lutas seguidas, não é fácil fazer isso nessa divisão, mas eu tenho o melhor time. Estou muito feliz!”, afirmou Rafael, logo após o fim do combate, ainda no octógono.

Essa foi a primeira defesa de cinturão de Rafael dos Anjos que conquistou o título dos leves do UFC após bater Anthony Pettis em março. Com o nocaute, o carioca chega a 25 vitórias contra apenas sete derrotas na carreira.

Cigano cai diante de gigante holandês

Um dos combates mais esperado do UFC nos últimos tempos finalmente aconteceu e não foi bom para o Brasil. Buscando retomar a chance de conquistar o título dos pesos-pesados do Ultimate, Junior Cigano encarou o holandês Allistar Overeem.

O brasileiro, porém, voltou a decepcionar e acabou nocauteado aos 4m43s do segundo round, quando Overeem acertou um belo cruzado de esquerda e derrubou Cigano. No chão, o holandês atingiu alguns golpes antes de ser interrompido pelo árbitro que decretou nocaute técnico.